by
on
under
tagged
Permalink

sarapatel vegetariano

ok, não faz o menor sentido esse nome de receita, mas é isso que ela parece: um sarapatel. só que é totalmente natureba (na medida em que eu posso ser natureba, bien sur), só tem cogumelos e fica bom de morrer de comer! eu sei que teve mais gente que gostou, mas a receita é dedicada à lígia, que pediu com carinho 😉

**

ingredientes

1 bandeja de cogumelos shiitake frescos (o grandão)

1 bandeja de cogumelos shimeji frescos (o pequenininho)

1 bandeja de champignons frescos (o clarinho)

1 bandeja de cogumelos portobello frescos (o marronzinho)

1/2 cebola fatiada fininha ou picada pequena (como gostar mais. eu gosto em fatias)

2 dentes de alho pequenos picadíssimos

azeite (o suficiente pra forrar o fundo da frigideira, menos de 1mm no fundo da panela)

2 colheres de sopa de shoyu e/ou molho de ostras (eu uso os 2 ao mesmo tempo :D)

1 pitada geral de sal (se NÃO usar o shoyo)

1 colher de sopa de salsinha fresca picada

2 colheres de sopa de saquê (opcional, mas fica bom)

2 colheres de manteiga ou margarina sem sal (opcional, mas fica ÓTIMO :))

utensílios

1 frigideira BEM larga, não precisa ser muito funda (eu uso uma paelleira de uns 40cm de diâmetro, pra ter idéia)

1 colher de pau pra mexer

1 escorredor pra lavar os cogumelos

4 recipientes pra colocar os cogumelos lavados e picados SEPARADOS

1 faca pequena de legumes (ou qualquer uma que você consiga cortar os cogumelos)

1 tábua de cortar (eu não uso, corto tudo na mão mesmo, mas…)

modus operandi

não faça como eu e saia colocando a frigideira no fogo, porque você vai ter que desligá-la antes que os bombeiros venham verificar de onde vem tanta fumaça (é a sua panela queimando). tenha paciência, esse prato exige preparação prévia.

lave (pra tirar eventuais terrinhas) e escorra os champignons e portobello, corte inteiro (incluindo as hastes) em fatias finas (1mm, mais ou menos) e reserve em recipientes separados.

separe os shimeji com as mãos, “desfiando” (pode descartar os “miolos” que costumam ficar grandes. eu guardo na geladeira pra usar depois em molhos e carnes). lave, escorra e reserve em outro recipiente.

leve e escorra os shiitakes (eles costumam ficar com terra no topo), separe as hastes (eu também reaproveito depois) e corte a parte carnuda em fatias um pouco mais grossas que os outros (uns 4mm).

corte a cebola e o alho e agora você pode colocar a frigideira no fogo alto com o azeite 🙂

quando o azeite esquentar, coloque a cebola e o alho e mexa com a colher de pau até amolecer a cebola (não precisa dourar). coloque o champignon primeiro, deixe refogar por 1 minuto e coloque o portobello. mexa bem, deixe refogar até começar a amolecer e então coloque o shimeji. mexa até começar a juntar água e coloque, por último, o shiitake, que vai fazer a maior água. coloque então o shoyu/molho de ostra e por último (se quiser, experimente antes) o sal. mexa bem, misturando os cogumelos e espalhando pela frigideira, para a água secar.

detalhe: se a panela for pequena e funda, vai juntar LITROS de água, cozinhar demais e demorar pra ficar pronto. por isso é importante que a panela seja LARGA, pra água evaporar rápido!

quando a água for secando, vai sobrar um molho escuro lindo de morrer. coloque o saquê e misture bem, deixando evaporar e incorporar. finalmente é a hora de você colocar a salsinha e a manteiga (que eu espero que você use, de coração), misturar bem e se preparar pra tirar do fogo.

você escolhe como prefere o prato: com mais ou menos molho. se quiser comer com macarrão, pode deixar mais molhado, colocar creme de leite e esperar reduzir para usar. ou pode fazer como eu: espere que o molho fique grosso, tire do fogo, junte mais um pouco de azeite frio, misture e coloque na geladeira, pra comer como entrada (com pão) ou com salada (com qualquer folha amarga como endívia, rúcula, etc.)

0 comments to “sarapatel vegetariano”
0 comments to “sarapatel vegetariano”
  1. Ai, que chique! Obrigada, Zel!!! E a receita é completíssma, com utensílios, lista de ingredientes, do jeito que eu adoro. Obrigada pelo carinho. Hoje mesmo vou atrás dos cogumelos, pois eu TENHO que fazer esse ‘sarapatel’ divino. Te escrevo contando o resultado…

    Beijos, beijos, beijos

  2. Vou adicionar aqui após a adição da Zel no meu comentário. 😉

    Para quem vai fazer ter uma idéia beeeem clara de como fica: todos os cogumelos juntos ficam em quantidade menor do que apenas o primeiro antes de refogar na panela, mas não desanimem! Vale a pena!

  3. Olá Zel, nos conhecemos na festénha da Fal e eu provei desse delicioso sarapatel vegetariano (amei esse nome!), por isso me sinto à vontade para compartilhar a receita lá no meu blog, com os devidos créditos, of course.

    Um beijinho

    Faby

Deixe uma resposta