Home > feminismo > auto-imagem e a vida

auto-imagem e a vida

Sabem, quando coloquei a roupa de manhã pra começar os preparativos da festa de aniversário do Otto, pensei — “saco. Tou tão gorda. Tudo tá apertado, e vou sair péssima nas fotos.”

 

Esse é um pensamento recorrente, que tenho com basicamente qualquer peso em qualquer evento. Raras vezes na vida me senti OK com meu corpo. Nas fotos? Nunca.

 

Bem, mas pensei isso, senti isso. Aceitei meu pensamento, meu sentimento, acolhi meu desgosto, coloquei a fantasia de Robin e fui pular no pula-pula, comer carne louca e tomar cerveja.

 

Não dá pra deixar a insatisfação com nosso corpo dominar nossa mente e nosso coração. Isso não é conformismo, é saúde mental. Não quero estar gorda, me atrapalha e incomoda, mas isso é assunto pra outra esfera de ação, e não pode me impedir de ser feliz HOJE.

 

Hoje fui feliz, com o corpo que tenho neste momento, e isso é MUITO IMPORTANTE.

 

❤️😘

Categories: feminismo
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.
You must be logged in to post a comment.