Archive

Archive for Janeiro 3, 2018

concurso de beleza e talento

Janeiro 3, 2018 Leave a comment

[dez-2016]

(Você que não gosta de ouvir sobre sonhos alheios, pule este post :))

 

Faz um tempo que não sonho assim, vividamente, mas essa noite o sonho foi legal demais pra não registrar.

 

Eu fui convocada para participar de um concurso de beleza e talento, era como uma responsabilidade que eu tinha, um compromisso que não podia recusar (como se fosse coisa de trabalho). No sonho eu era eu — not beauty pageant material at all. Quarentona, gorducha, pele ruinzinha, eu mesma. Que diabos eu vou fazer num concurso de beleza?!

 

Aí descubro que minha “concorrente” é Lea Michele. E é também concurso de talentos, certo? Vamos cantar, concorrendo 😀

 

Pois não só eu topo, tranquilona, como escolho um vestidão dourado antigo, decotado nas costas, salto altíssimo. Os peitos dão um trabalho insano pra caber no vestido (lembro de ficar na frente do espelho ajeitando!), mas cabem, e eu me acho linda. E sou feminista até no sonho — pensei “que merda, eu teria medo de andar vestida assim na rua”.

 

Cheguei sozinha no estúdio, seja lá onde fosse, pro concurso, já montada. O esquema da Lea era Hollywood, e eu sozinha esperando a hora de entrar. Sozinha não — nada menos que o Brad Pitt, que aparentemente era meu amigo íntimo ficou conversando comigo sobre a vida, enquanto esperávamos. E eu o consolei, ele estava meio chateado. Dei um abraço nele daqueles de amigo, tipo “tudo vai ficar bem”.

 

E então me dei conta que precisava de uma música! E assim, de bate-pronto, decidi cantar “All I ask of you”. Porque eu gosto, porque combina com concurso e porque eu queria dedicar a música à Lea, que obviamente era a melhor de nós duas.

 

Eu ouvi todos comentando o quando ela havia ensaiado, e como era perfeccionista. E eu ia improvisar. Mais velha, mais feia, menos talentosa e menos preparada. E completamente relaxada, tranquila e feliz por cantar uma canção que eu gosto pra ela, que admiro. Sozinha, sem stress, me sentindo bonita e feliz.

 

O sonho acabou, não vi as apresentações e nem o final. Mas não importa, né, gente?

 

Obviamente EU GANHEI! <3

Categories: feminismo, mulherzice Tags:

meus votos pra 2018

Janeiro 3, 2018 Leave a comment

Não gosto de resoluções de ano novo, de promessas, de planos de um ano pro outro.

 

Gosto de planos pra HOJE. Pra daqui a pouco. E gosto mais ainda, tipo MUITO de mudanças de planos. Porque a coisa mais importante que aprendi nesses 45 anos é que absolutamente tudo que eu planejo sai (muito ou pouco) diferente do que eu imaginei.

 

Então meu maior desejo pra 2018 e pra vocês todos é que criemos menos expectativas, aprendamos a lidar com mudanças de curso e que saibamos reconhecer nossas pequenas vitórias.

 

Cada um de nós tem muito pra agradecer a cada dia, muito a se orgulhar e umas coisinhas pra aprender com os erros que são inevitáveis.

 

Sejamos mais gentis e flexíveis, conosco e com os outros.

 

Hoje; não deixa pra amanhã nem pro ano que vem, tá?

 

😘❤️

Categories: dicas, múltiplos

preferências

Janeiro 3, 2018 Leave a comment

Ontem teve faxina, e lavagem de roupa, além de separar o que não preciso ou não quero mais.

 

Hoje passei pilhas de roupas, e me diverti muito conversando com o Fernando sobre essa atividade, porque é uma excelente forma de ver como cada pessoa percebe é vivencia as coisas de jeitos diferentes.

 

Eu: “amo passar roupa. É super legal pegar a roupa toda amarrotada e ela ficar lisa!”

 

Fer: “odeio passar roupa. Nunca fica igualzinho, perfeito.”

 

😂

 

Eu passo roupa bem mais ou menos, não me preocupo de ficar certinho. Dando uma esticada geral pra dobrar eu fico mega feliz e me sentindo realizada. Fica torto, canto amassado, mas nem ligo. Gosto do processo.

 

Ele quer fazer tudo direito, com detalhe, certinho. Prefere lavar a louça, que aí dá pra admirar a perfeição da limpeza do detergente + água muito quente. Gosta do resultado.

 

Cada um do seu jeito, e a casa fica limpa e organizada 😀

Categories: Uncategorized

reduzir, reusar e reciclar

Janeiro 3, 2018 Leave a comment

Sei que compostagem não é viável pra muita gente, já que precisa de terra e algum espaço (além de minhocas :)) mas olha: que coisa impressionante é observar os volumes de lixo reciclável, compostável e o resto.

 

O reciclável é de longe o mais volumoso, e me dói ver a quantidade de plástico e papel que usamos e jogamos fora por mero capricho. Se por um lado a embalagem do leite (ou suco) é prática, e difícil de não usar, por que precisamos de tanto plástico e papel embalando comida e produtos? Certeza que dá pra minimizar isso, precisamos de embalagens mais inteligentes.

 

Aí vem o compostável (restos de todas as frutas, legumes, verduras e grãos crus), que é menos volumoso que o reciclável mas bem maior do que eu imaginava. É mais ou menos o dobro que o lixo que realmente jogo no lixo!

 

O processo de compostagem demora mais do que eu imaginava, mas como está lá no canto do meu quintal, não me incomoda (e nem cheira ou atrai bichos estranhos, a propósito).

 

A menos que você ache formigas e mosquitos em geral estranhos 🙂 mas esses fazem parte do nosso dia a dia, junto com besouros, baratas do mato, borboletas e mariposas, aranhas…

 

Se tiverem oportunidade de fazer compostagem, recomendo. Junto com a reciclagem, dá pra ver o lixo reduzir muito.

 

Mas busco lembrar da meta, na ordem: reduzir; reusar; reciclar (por último, em último caso).

Categories: dicas, eco

construção de memória

Janeiro 3, 2018 Leave a comment

Fiz feijão hoje cedo a pedido do Otto (quase não come carne mas ama feijão, já ajuda) e lembrei do quanto AMO preparar feijão.

 

Me lembra casa, infância, família. O barulho da panela de pressão, o cheiro de louro, cebola e alho, aquela cor marrom clarinha (feijão de memória pra mim é o carioca), a textura cremosa do caldo… amo.

 

Ele comeu com tanto gosto! Com arroz e farofa, brasileirinho legítimo <3

 

Categories: comida