Penar

Essa história não é minha, é da Claudia mas incorporei pro meu repertório porque todo mundo precisa conhecer! Eu posso ter mudado a história, então deixo pra Clau me corrigir se for preciso 🙂

Diz que a moça que trabalhava pra ela na casa há muitos anos disse que há muito tempo que não faziam aquele prato muito bom, um tal de PENAR.

“Penar? Nossa, não lembro desse prato. Como era, explica melhor?”

E a moça se esforçou muito pra lembrar como fazia, e finalmente veio: “ahhh não é penar não, é SOFRER!”

Sofrê, suflê.

Era suflê, de espinafre talvez. Mas pra mim agora é só penar mesmo 🙂

Deixe uma resposta