Novo tempo

Hoje é meu dia 31 de quarentena, um mês cheio, bem cheinho.

Não é louco que o mundo jamais será o mesmo? Que tudo mudou, e nós também?

Na minha sessão mensal de terapia (on-line! Funciona muito bem) fiz um apanhado de algumas coisas que são muito boas pra mim, e quem sabe ajuda alguém por aí?

  • Quem não está com medo nem ansioso é porque não tá prestando atenção ou tá desconectado. É perfeitamente normal estar se sentindo assim, na situação em que estamos. Estamos em alerta e isso é BOM, estamos em modo de proteção.
  • Há poucas coisas que conseguimos controlar, então precisamos nos focar naquelas que nos ajudam a sentir melhor, e baixar a ansiedade. Não é à toa que as pessoas querem limpar, organizar, cozinhar, fazer atividades manuais, essas coisas trazem conforto, dão a sensação de realização e controle. Continuemos a fazê-las!
  • Rotina ajuda a manter a saúde mental. Não precisa ser rígido, basta encontrar as pequenas coisas que ajudam a trazer a sensação de organização e normalidade relativa
  • A arte alimenta a alma. Consuma sem restrições
  • Não se cobre, e não cobre os outros, todos estamos (lembra?) inseguros, ansiosos, preocupados, com medo. Não seremos os mesmos de sempre, e está tudo bem. Sejamos gentis conosco e com os outros. Em especial com aqueles mais próximos que estão dividindo espaço, e a rotina
  • FIQUE EM CONTATO COM AS PESSOAS. Fale no whats, no Face, no telefone, no zoom, por e-mail. Tudo vale, mas não se isole e não deixe os outros isolados. Chame as pessoas, diga como se sente!
  • Diga como se sente. O bom, o ruim. Não tenha medo de mostrar-se vulnerável, estamos todos juntos e embora cada um lide diferente com a situação, podemos nos abraçar de longe e nos ajudar
  • Siga os procedimentos recomendados em pandemia: isolamento físico, distanciamento social, higienização constante. Ignore governantes e pessoas estúpidas
  • Não leia notícias demais. Pense se a notícia está te ajudando ou atrapalhando sua saúde mental. Se as notícias não têm consequência positiva ou prática pra você, evite.
  • Durma bastante, e coma comida feita em casa se for possível. Cuidar de nós mesmos é uma forma muito boa de manter a saúde mental
  • Tente encontrar uma forma de manter-se fisicamente em movimento — nem que seja fazendo faxina 🙂 Qualquer forma de movimento ajuda, e faz a gente se sentir melhor!
  • Pra quem gosta e consegue, medite. Ajuda a acalmar a mente, desconectar por um tempo.
  • Agradeça tudo que você tem, mesmo que seja só saúde. Olha que coisa maravilhosa estar saudável num momento tão tenso…

…as coisas se resolverão, vamos encontrar caminhos. Todos nós, juntos neste mundo novo que estamos criando.

**

(Menos os Bolsominions; pra eles eu mando um alô do Darwin e faço torcida contra)

Deixe uma resposta