Fernando Balestriero

#retratofalado

Embora esse seja um projeto pessoal meu sobre fazer retratos falados de mulheres, pra que elas saibam ou lembrem que são mais que sua aparência, hoje abro uma exceção — é aniversário do Fernando e ele é um dos homens que eu acho que merecem estar nesse projeto.

Talvez você ache o Fer meio bravo ou sisudo quando encontrar com ele pela primeira vez. Se ele não sorrir nenhuma vez, pode até assustar um pouco, porque é alto, grande e intimida com seu jeitão estilo italiano da máfia 

Nada podia estar mais longe do que ele realmente é — amor e cuidado em forma de pessoa, com uma delicadeza e sensibilidade que parecem impossíveis de existir, mas ele tem. Aquela coisa de “tirar a roupa do corpo” pra ajudar o outro? É ele. Ele é aquele amigo que você pode ligar às 3 da manhã e pedir pra te buscar onde você estiver, e ele não vai hesitar, ele só vai. Não tem preguiça, impedimento, “mas se” — ele simplesmente vai lá e faz o que precisa ser feito pra ajudar quem precisa. Mesmo quem não é super amigo; ele faz o que acha certo, o que qualquer um de nós, se fosse melhor, faria pelos outros. A diferente entre nós e ele é que ele vai lá e faz, e não coloca foto nas redes sociais.

Além de ser mega inteligente, tipo fora da curva, ele coloca sua inteligência pra fazer as coisas darem certo pros outros também. Ele passa um tempo insano tentando mostrar os fatos pras pessoas, seja na internet ou pessoalmente. Ele é fã dos fatos, e tenta estoicamente (não é força de expressão) dar perspectiva às pessoas. É o seu jeito de tentar fazer do mundo um lugar menos obscuro, eu acho. Ele é uma réstia de luz no meio de uma noite de tempestade.

Sua paciência — talvez insistência seja uma palavra melhor, porque ele também se irrita de vez em quando  — é infinita. Ele não desiste das convicções, da busca pelo que faz sentido e é certo.

É super interessante observar seu amor pelas pessoas, pela vida. Acho que ele não percebe, e se acha alguém pessimista, mas não é não. Seu amor e esperança pelas pessoas e pela vida são os maiores  que já vi — ele enxerga tudo que pode dar errado, tudo de ruim que existe e pode existir, e ainda assim acredita e persiste. É fácil amar e ter esperança quando não vemos o quadro todo. Ele vê tudo, e ainda assim persiste.

Esse amor e esperança, vivos e fortes em meio a tudo que ele é capaz de ver, são a coisa mais forte e bonita do mundo. Às vezes acho que ele se vê frágil, mas é a maior fortaleza que já conheci. Me dá segurança de que tenho perto de mim o melhor companheiro que podia ter escolhido, pra vida.

E um pai que não existe, que nunca vi. Feroz, protetor, carinhoso, 100% do tempo, acordado e dormindo. Ensina, ama, acolhe, erra e tenta de novo, até acertar.

Sua maior qualidade, eu acho, é ouvir, e tentar melhorar, crescer, se adaptar (o que é difícil pra ele, eu sei. Mas ele nunca deixa de tentar, teimoso que só ele).

Espero que você saiba, Fer, que seu amor e sua amizade são preciosos. Você merece nada menos que tudo de volta, e mesmo que nem sempre eu consiga ser tão generosa quanto você é, seu exemplo me guia e inspira a ser melhor.

FELIZ DIA, amo você e celebro sua existência! ❤️

(O Ferdinando é um ótimo personagem pra representar você )

Deixe uma resposta