ALELUIA

A tarefa — que era observar a lua — virou desenho

PODEM OLHAR PRO CÉU, vai ter chuva de meteoros, uma nave alienígena vai chegar, ou Godzilla vai aparecer:

Otto, 11 anos, pela 1a vez lembrou SOZINHO que tinha uma pequena tarefa da escola pra fazer, foi lá buscar, e fez. Sem reclamar.

MILAGRE DE SHIVA, ou Belzebu, não sabemos, porém agradeço comovida.

Planeta água

A hora do banho, gente, é um inferno. Não porque a criança se recuse (até gosta) ou porque não queira sair (ele sai de boas) mas porque ele não executa os passos do banho. Se deixar ele entrar e não falar nada, ele fica lá até a água quente acabar e não faz nada.

Aí a nossa vida é ficar conferindo a cada 5min em que passo ele está e mandar fazer o próximo AGORA E NÃO DAQUI A POUCO.

Ele pensa na vida, canta, bate papo, faz tudo menos tomar banho.

Hoje, como sempre, depois de lembrar 20 vezes de ir pro próximo passo, falei “MEODEOS Otto, quando eu te perguntar o que você fez, encerra o que tá fazendo e vai pro próximo passo!”

O: “mamãe, eu queria fazer isso, te juro, mas POR UMA SÉRIE DE RAZÕES acabo me distraindo e não consigo!”

Olha, só rindo mesmo, porque se depender dessa rotina aqui, a Greta daqui a pouco vem aqui em casa pra ter uma conversinha com a gente.

Ciente

Eu: “Otto, quando crescer você vai querer aprender a dirigir?”

O: “não, porque eu não tenho foco suficiente. Parece muito difícil!”

Minha gente, eu só desejo a todos nós a auto percepção e auto crítica dessa criança de 10 anos.

🤣🤣🤣

Houaiss

Otto: “Papai, você vai me deixar dormir sozinho numa noite assim TEMPESTUOSA?”

Fernando quase que não sai do quarto, de tão lindo que é o vocabulário da criança 😀

*beep*

Otto, 10yo, right now watching the Flash, about a villain being defeated: “YEAH! He is such an a-hole!”

We laughed. At least he censored himself, right?

#parentsoftheyear

**

Otto, assistindo o Flash, quando o vilão é derrotado: (tradução livre) “SIMMM! Ele é um c*zão!”

A$$hole = cuzão, mas é um palavrão pesado. Ele sabe que não pode falar, então não falou a palavra, ele se censurou e falou a-hole.

Nós rimos, porque pelo menos ele se auto censurou, ué.

🤣😬

#paisdecesárea

Conjugações

Fernando e eu temos medo que o Otto desaprenda português, agora que já está fluente e passa mais tempo falando e ouvindo inglês. Ele fala com a gente em inglês, a gente responde em português. Incentivamos continuar lendo os gibis da Mônica em português, etc.

Aí agora antes de dormir, pra nossa alegria, ele fala: “(…) que nós durmamos juntos.”

Ele sabe usar presente do subjuntivo perfeitamente, que coisa mais fofa da mamain ❤️❤️❤️❤️

Bilíngue

Otto assistindo um walkthrough detalhado de um jogo que ele está amando (Hollow Knight, pra Nintendo)

Eu: “Otto, mas essa pessoa tá falando MUITO palavrão!”

O: “I know, but he explains about EVERYTHING… it had to be a downside to it.”

🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Tempo livre

Servi almoço pro Otto, e comentei que adorava o dia da faxina. Ele, muito espantado:

O: “mamãe, você só tem 2 dias sem trabalho na semana, e um dos dias você faz faxina. Como pode você gostar? Você devia odiar ter que trabalhar no seu dia livre!”

Mas gente! ❤️❤️❤️

Eu: “bom, se eu detestasse fazer faxina, acho que você tem razão. Mas eu gosto! Gosto de me mexer e adoro o resultado, então tá tudo bem.”

É muito pouco tempo que a gente tem pra não fazer nada, ou fazer coisas que não tem propósito senão nos fazerem felizes né?

Que a geração dele lute pra ser muito mais ociosa (e livre) que a nossa ❤️

Etimologia

Como é bonito observar as crianças aprendendo e criando hipóteses né? Até por isso sempre que lembro eu devolvo perguntas pro Otto quando ele me faz perguntas. As respostas dele são sempre mais legais que as minhas 😀

Ontem no banho ele me veio com essa:

O: “mamãe, se PESADELO é um sonho ruim, eu acho que sonhos bons deviam ser LEVEDELOS, porque o ruim é pesaaaaaado como uma pedra e o bom é levinho como uma nuvem!”

Eu: “ah que fofo! Amei a ideia, deixa ver na etimologia da palavra [já aproveitei pra explicar] e vamos ver de onde vem”

Pois é daí mesmo que vem! Pesadelo é de fato derivado de peso, não é incrível?! Mas fica mais incrível, acompanhem.

O: “e nightmare, de onde vem? Deve ser de algum monstro que só vem à noite!”

Gente, eu fui pesquisar e SIM É ISSO: night (noite) + maere (tipo de demônio, criatura).

A língua é só uma expressão da nossa vivência, afinal, e a gente se esquece. Como é bom lembrar de arriscar e criar hipóteses! Eu amo ter o Google à mão, mas aprender com suposições é muito mais gostoso ❤️

Homework

Tradução livre minha, resposta à tarefa de escrever sobre a experiência dele no 4o ano:

Os alunos estão esperando para sair de férias do 4o ano e começar o 5o!

No entanto, Otto tem um problema: como prêmio pelo ano escolar, no final ele vai ganhar um jogo: PIKUNIKU, e está sendo… quase impossível esperar, e ele precisa ser legal enquanto espera.

Ele conseguirá esperar e ser legal, ou seu pai cancelará seu videogame?

Para descobrir, leia no livro do 4o ano!