sobre o andamento da carruagem

resolvi fazer um resumo da gravidez até o momento, caso alguém chegue aqui procurando sobre dicas, sintomas e coisas assim. em primeiro lugar, recomendo fortemente o site babycenter (eu assino o brasileiro e o americano), que tem dicas ótimas e manda emails semanais pra gente.

1o trimestre (semana 1 a 13)

percebi que estava grávida nos primeiros dias de atraso por causa dos peitos, que ficaram gigantes e muito doloridos e da azia quando consumia cafeína. fiz teste de farmácia e fui à minha primeira consulta de gravidez na 7a semana. com 9 semanas fiz o primeiro ultrassom e ouvi os batimentos do feto.

saber que estava grávida e que ia prosseguir com a gravidez foi um tanto irreal. passei anos me recusando a ser mãe, pensei que nunca ia ter filhos. me acostumar com a idéia foi (ainda é) estranho, ainda estou em adaptação.

quisemos descobrir o sexo o quanto antes, e fizemos o exame de DNA (sexagem fetal) na 9a semana. era menino!

fiz o segundo ultrassom na 13a semana, que eles chamam de translucência nucal. aparentemente é neste ultrassom que você pode descobrir se o feto tem alguma má formação ou tendência a ter problemas. felizmente no meu deu tudo normal!

os sintomas que tive neste período:

– enjôo constante (sem vômito), causado por fome (aprendi a comer de 3 em 3 horas pra amenizar) e cheiros fortes. perfume, tempero e produtos químicos se tornaram muito insuportáveis pra mim neste período.

– sensação de “estar cheia” o tempo todo. a digestão ficou mais lenta, então não conseguia comer muito e nem coisas pesadas.

– um tico de prisão de ventre, que passou em poucas semanas. acredito que meu corpo estranhou a infusão de hormônios, mas se adaptou bem depois.

– leve sangramento na 7a/8a semana, que descobri ser o tal sangramento de nidação, absolutamente normal.

– aumento da lubrificação vaginal (super chato, a gente se sente úmida o tempo todo)

– peitos muito doloridos. sequer dava pra tocar!

– aversão completa e absoluta ao alho. não dava nem pra passar perto dele no supermercado, eu quase vomitava.

– sensibilidade enorme ao cheiro das pessoas (hálito e corpo), mesmo sem cheiro ruim. sentia o cheiro das pessoas a uma distância muito maior que o normal. o marido teve que me aguentar pedindo que ele ficasse longe, pra eu não enjoar.

– falta de apetite enorme, perdi 2,5kg nestes meses. comia só porque era obrigada.

– xixi constante, inclusive à noite. desde então acordo às 4h para fazer xixi.

2o trimestre (semana 14 a 28 – ainda em andamento)

minha médica avisou que todos os sintomas desagradáveis iam passar quando chegasse à 13a ou 14a semana, e felizmente ela estava certa. o enjôo passou, a sensibilidade exagerada aos cheiros também. o ódio ao alho permanece…

até a 21 semana eu não percebia nenhuma diferença visível na barriga. eu sentia a barriga diferente (as calças justas não dava mais pra usar e nem deitar de bruços), mas nada que fosse possível ver.

só depois do ultrassom do segundo trimestre (morfológico, cujo objetivo é analisar todas as dimensões e órgãos do feto) é que comecei a atinar que tem um bebê aqui na minha barriga e ele vai nascer 🙂 acreditem em mim: é bizarro.

os sintomas que estou tendo neste período:

– azia e queimação quando como coisas pesadas (frituras, gorduras) ou refrigerantes. aliás, aboli refrigerantes!

– o peito melhorou muito, mas aumentou um pouco mais. estou seguindo dicas de amigas e lavo os mamilos com bucha vegetal todos os dias, com vontade.

– minha pressão baixou bastante. o normal agora é 10/6. sinto mais cansaço e um pouco de sono por volta de 18h (fico segurando pra não dormir muito cedo. quando mais durmo, mais tenho que levantar pra fazer xixi…)

– sinto uma dor constante na região da virilha (em volta da vulva) quando fico muito sentada ou em pé, que segundo a médica é circulatória. pés pra cima se transformaram em necessidade pra mim! melhora muito. nada grave, mas é chato.

– lubrificação excessiva permanece… chato.

– a barriga começou a crescer e sinto o bebê chutar desde a semana 13 ou 14. no começo é uma sensação de “peixe vivo” dentro da barriga, um leve tremor. depois vira chute mesmo, profissional. é divertido, e dá pra outras pessoas sentirem se colocarem a mão na barriga.

por enquanto é isso – vou atualizando o post conforme o tempo passa 🙂

3 thoughts on “sobre o andamento da carruagem

Leave a Reply