diário do otto: 6 meses

otto,

chegou seu segundo grande marco, os 6 meses, e você está cada vez mais lindo e fofo. sei que toda mãe é coruja e tal, mas olha, você é lindo mesmo 🙂

esse foi um mês de mudanças enormes: seus primeiros 2 dentinhos nasceram (embaixo), você começou a comer e tomar sucos, está sentando e começou a “falar” (dá-dá-dá). todas as suas outras funções motoras melhoraram bastante também. você está coordenando melhor, consegue pegar coisas e trocar de mão, vira e desvira no berço sozinho. e faz força pra sentar, uma gracinha!

sua iniciação no universo dos alimentos além da teta foi com suco de laranja lima. meia laranja, pra começar, e você adorou de cara. aumentamos para 1 laranja inteira, porque você adorou. e aí começaram as frutas, amassadas e peneiradas: banana prata (você não curtiu muito, apesar de comer tudo), maçã (você gostou), mamão (você odiou, foi difícil fazer você comer), pera (você adorou e pedia mais) e banana nanica (você AMOU e abre a boquinha pra comer mais!).

além dessas frutas em papinha, você experimentou (e adorou) goiaba vermelha e pêssego direto da fruta. nem foi o caso de oferecermos, você ROUBOU da minha mão a goiaba e o pêssego da mão da sua avó vera 🙂 ficamos preocupadas de você engasgar, mas que nada. você “chupa” as frutas direitinho e já morde com seus dentinhos. e estamos também oferecendo laranja lima pra você chupar, e você adora. nosso onivorinho querido!

há 1 semana adicionamos mamão no seu suco de laranja, e você não deu bola. continua gostando 🙂

bom, as papinhas “salgadas” começaram 2 semanas depois das frutas: batata/cará, cenoura/abóbora, manquioquinha e abobrinha/chuchu. a maria adicionou quiabo (porque o seu cocô começou a diminuir…) e você adorou a papinha babenta. não tivemos dificuldade nenhuma em fazer você comer a quantidade recomendada pelo seu pediatra (5 colheres de sopa). essa semana começamos a adicionar também carne (frango orgânico, o mesmo que nós comemos) e você continua gostando. um tiquinho de azeite, nada de sal ou outros temperos por enquanto.

você é um amor pra comer, basta ter um pouco de paciência, porque você ainda não domina totalmente o mecanismo de engolir, abrir a boca pra comer, etc. mas de verdade não dá muito trabalho: demoro 15 min pra dar a papinha e menos pra dar a fruta. o suco você toma sozinho, em poucos segundos 😀

você agora presta atenção em tudo, pega as coisas ao seu redor (e fica bravo quando não damos…), bate as mãozinhas, segura as mãos e os pés, agarra nosso rosto, brinca de esconder quando falamos com você (coloca o rostinho no nosso pescoço, escondendo), dá risada das brincadeiras… um encanto. e tá fazendo DÁ-DÁ, bem articuladinho, uma graça.

já senta e brinca com a gente, e adora ficar de pé (temos que segurar você de pé, apoiando no chão ou outro lugar. você já não quer mais ficar deitadinho não…). acho que logo logo você vai engatinhar!

pra dormir você continua dando baile. só dorme no colo, depois de muito resmungo, e tem acordado bastante à noite (pra azar do seu pai, que é do turno da noite :D). em compensação, de dia você está tirando cochilos mais longos.

os banhos (na banheira e na piscina) são suas horas preferidas do dia, juntamente com os passeios pra ver plantinhas. você faz uma farra danada na água, molhando todo mundo ao redor (inclusive você mesmo). você não tem medo nenhum da água, mesmo quando espirra no seu rosto, e aliás tem amado o chuveiro ligado. às vezes deixamos o chuveiro ligado dentro da sua banheira e você coloca as mãozinhas, e até a cabeça, sem medo algum. praticamente um peixinho.

sua personalidade fica cada vez mais clara, e nós obviamente amamos você cada vez mais. apesar da vontade de chamar a mamãe-saruê pra cuidar de você quando você fica muito chato 😉 você é um menino risonho, simpático com todo mundo (não estranha ninguém), brincalhão. e muito muito bravo quando as coisas não saem do jeito que você quer.

agora começa o momento de acostumar você a tomar meu leite no copinho, pois volto a trabalhar em 2 semanas, e confesso que está sendo difícil pra mim mais do que pra você. apesar de não ter tanto prazer tomando no copinho quanto no peito, você se vira muito bem sem mim. mas eu sinto falta de você no meu colo fazendo gracinhas enquanto mama 🙁 sei que é saudável pra mim e pra você que eu volte a trabalhar (gosto do meu trabalho, e vai ser bom pra minha cabeça não ficar tanto em casa; você está independente e feliz com sua babá), mas estou sofrendo um pouquinho, sim.

mas penso que as horas de mamar no peito, de manhã e à noite, serão ainda mais especiais agora. espero que você continue mamando no peito ainda por um bom tempo.

continuo tirando muitas fotos suas, veja aqui seu sexto mês. tenho vários vídeos também, mas ainda não estão disponíveis (espero subir logo logo).

saiba que você está sendo uma experiência linda e muito rica na nossa vida. são só seis meses, mas parece que conhecemos você a vida toda, meu menino gostoso.

com amor, mamãe.

2 thoughts on “diário do otto: 6 meses

  1. Mamãe saruê 🙂

    Quanto amor!

    Mas que legal que o Otto já pegou o copinho, quando voltar a trabalhar você vai ver o carinho quando você chegar, não vai te largar 🙂

    Crescer dói um pouquinho né, e vocês tiram o atraso nos finais de semana 🙂

  2. Emocionante este post.
    Fiquei fã!!!!
    Fiquei horas… lendo, lendo, lendo…
    Já li quase todo o blog. rs
    Me “reconheci” em suas palavras em vários momentos, em vários posts.
    Assim como vc eu planejei um parto natural, mas tive pré-eclâmpse grave e fui submetida a uma cesárea. Sem neuras, tinha que ser assim, ou não seria.
    Eu tenho hoje uma filha de 2 anos e 6 meses, muito fofa, a quem eu amo mto!
    Obrigada por escrever tão bem.
    Estarei sempre por aqui.
    Beijo pra vc e pro Otto!

Leave a Reply