dizem que melhora, e é verdade. mas também é mentira :)

bom, chegamos aos tais 6 meses, o grande marco dessa fase da vida do bebê. a verdade é que melhora sim, por vários motivos, mas outras coisas pioram também (e já estou percebendo que continua assim, forever and ever).

o que melhora nesta fase: você conhece melhor o bebê, e já não é tão difícil saber o que ele quer (comer, dormir, trocar fralda, brincar, etc.); o bebê interage bem nessa fase, sorri e brinca, o que facilita ter prazer em estar com ele sem tanta tensão e preocupação; a freqüência de mamar provavelmente já diminuiu (a cada 4h) e já não é mais tão cansativo, a gente dorme um pouco mais.

o que piora (ou fica mais difícil): o bebê demanda mais atenção, não basta estar ali, tem que participar 🙂 além disso, se seu bebê for como o meu, os dentes vão começar a aparecer e esse é um processo horroroso. dói, o bebê sofre e não há muito que se possa fazer. caso seu bebê durma bem, é possível que pare de dormir bem e acorde muito à noite. o otto sempre dormiu à noite (acordando para mamar), e continua não acordando completamente, mas chora durante a madrugada com muito mais freqüência agora com os dentinhos. fica claro que ele está sofrendo e não há muito o que fazer.

a questão do sono é a que mais nos preocupa no momento. o otto sempre teve muito sono a partir de 19h, e costuma dormir às 20h. mas ele nunca dormiu uma noite inteira sem interrupção. no início nós o acordávamos pra mamar a cada 4h (até o segundo mês), depois ele mesmo acordava 1 ou 2 vezes por noite para mamar. até pouco tempo atrás essa era a rotina, e agora ele começou a acordar a cada 2 horas, muito incomodado. como coincidiu com os dentes, acreditamos que seja isso.

nosso pediatra é da linha “deixa chorar” (pra dormir) e “não amamente durante a madrugada a partir dos 6 meses”. nós nunca deixamos o otto chorar (e não vamos deixar tão cedo), simplesmente porque não acreditamos que fará bem a ele ou a nós, e eu tentei não dar o peito das 23 às 5, mas com o incômodo do dentinho desisti dessa idéia. vou dar o peito a cada 4h durante a madrugada se ele quiser. até porque ele vai parar de mamar no meu peito 2x por dia (vou voltar ao trabalho), e pode estar simplesmente sentindo falta do contato. amamentá-lo na madrugada não me incomoda tanto, tenho muita facilidade pra dormir.

o problema é quando o fer não estiver disponível pra cuidar dele durante a madrugada, acordando a cada duas horas… aí eu vou ter que cuidar dele, amamentar e trabalhar o dia todo no dia seguinte. antevejo dias de zumbi. mas procuro ter esperança que vai passar logo, e vou sobreviver sem grandes dramas.

morro de inveja de pessoas cujos filhos dormem a noite toda desde pequenininhos, afe.

bom, tendo alguma dica pra essa fase dentinhos e problemas de sono, deixem comentário por favor. qualquer ajuda é bem-vinda. achamos alguns links que podem ser úteis, se você chegou aqui procurando ajuda (e encontrou uma mãe perdida :D): kellymom (melhor site sobre amamentação e outras coisas que já vi, mas é em inglês), discussão sobre sono no multiply, relato de uma mãe sobre padrão do sono do seu filho, dentição no orkut, artifo sobre dentição e relato de como os dentes afetaram o sono dos filhos.

9 thoughts on “dizem que melhora, e é verdade. mas também é mentira :)

Leave a Reply