diário do otto: 8 meses

otto,

menino, que mês! achei que seu mês anterior tinha sido difícil, mas descobri que sempre pode ficar mais difícil ainda… nesse mês seu sono continuou um horror, acordando a noite toda e chorando. e pra piorar, você já não sossegava mais no colo, praticamente esperneava no nosso colo e chorava, até que depois de muito chacoalhar na santa bola você dormia. seu pai estava um zumbi (ele ficou com você essas noites todas até hoje) e eu também, já que não é muito fácil dormir com seu choro.

um dia seu pai estava trabalhando em SP, fiquei sozinha com você à noite e, depois de dormir pontualmente às 19:30h como é seu costumo, às 22h você começou a chorar no berço. peguei você pra ninar de novo, como sempre, mas nada funcionava. você – dormindo! – chorava e esperneava no colo. depois de 15min de tentativa, desisti e resolvi seguir a recomendação do seu pediatra de ensinar você a dormir de novo no berço.

coloquei você lá, e fiquei do seu lado, pegando na sua mãozinha, fazendo carinho e devolvendo a chupeta que você cuspia. achei que você ia aprender a engatinhar dormindo, porque levantava o corpo quase todo, como quem quer sentar ou andar, empurrava as perninhas e rolava de um lado pro outro. até que depois de 30min de drama você deitou de lado, segurando minha mão, e dormiu!

a boa notícia é que era possível ensinar você a dormir no berço ao invés de no colo, a má notícia é que você continou acordando todas as noites, várias vezes. houve noites de chorar por quase 2h, e nada consolava você. mesmo no colo, às vezes, era muito difícil fazer você acalmar, só o peito resolvia (e decidimos voltar a amamentar você de madrugada, pois só assim você sossegava). mas não dava mais pra amamentar você a cada 2 ou 3 horas, pois eu precisa va trabalhar no outro dia.

depois de 10 dias sem dormir direito, eu e seu pai consultamos o pediatra, que achou que você podia estar com fome. as dicas foram as noites mal dormidas e a quantidade que você come durante o dia. sério, bebê: você está comendo feito gente grande. 2 pratos enormes cheios de papinha por dia, mais umas 3 ou 4 frutas e mais o leite (7h, 15h, 19h, meia-noite e às vezes madrugada também).

além disso, percebi que você estava mamando pouco, só pra aquecer a barriga, seu interesse de verdade é pela comida (a nossa inclusive). e nas minhas 2 ordenhas diárias, o leite começou a diminuir muito. no início eu ordenhava 150ml a cada vez, e foi diminuindo aos poucos até que nesta última semana caiu pra 40ml somente!

decidimos então dar NAN pra você, à noite, 210ml. você mamou de tarde pra experimentar (adorou) e pela primeira vez desde que nasceu você dormiu a noite toda, acordando só um tiquinho e dormindo de novo!

testamos algumas combinações de peito+mamadeira nessa última mamada da noite, mas não funcionou. então agora estou amamentando você às 7h e às 19h somente, e damos 2 mamadeiras por dia (15h e meia-noite). a verdade é que você é um ogrinho faminto, e todo seu incômodo na madrugada era fome mesmo. esperamos que agora você durma melhor, e nós também.

suas frutas preferidas continuam as mesmas: pera e laranja. mas sua paixão mesmo é a papinha (de carne é a que mais gosta), que você come morrendo de feliz. esse mês você aprontou uma bem engraçada – começou a “comer” a mesa do quintal cada vez que demoramos a dar a papinha, é muito engraçado. aliás, você é um bebê super engraçado e bem humorado. está sempre rindo, brincando, fazendo sons engraçados (ba-ba, bói-bói, dei-dei, tiiiii) e gritando pela casa. 

você sempre gostou dos brinquedos coloridos e gostosos de pegar, e dos que têm barulho, mas agora sua paixão são as bolas. qualquer bola deixa você maluco e dando gritinhos. e você CHUTA as bolas que vê pela frente, é incrível! não sabemos como você aprendeu isso, achamos que veio no DNA 🙂 e você ganhou da mamãe um brinquedo que virou favorito também, o morcego moacir. é um morceguinho lindo, de asas de cetim, que compramos num “família vende tudo”. fofo e tosquinho, igual a você 🙂

ainda não vimos muitas tentativas suas de engatinhar, você fica “nadando no seco” quando colocamos de bruço, e fica rapidamente bravo. em compensação, aprendeu a levantar e ficar de pé com nossa ajuda, e só quer ficar de pé e andar. você anda direitinho, quando seguramos você, e não gosta que segure nas mãos (temos que segurar no sovaco, deixando suas mãos livres). brincamos de andar com você várias vezes por dia, porque você adora andar pela casa correndo atrás da bola de pilates, que é maior que você…

ah, e agora você tem chiliques. quando fica bravo, estica os bracinhos e dá gritinhos, chilicando. a coisa mais fofa e birrenta do mundo. morremos de rir! (por enquanto, né. já sei que logo logo se o senhor continuar de chilique teremos que ter uma conversinha…)

e seu sétimo dentinho nasceu! vimos que ele estava nascido no seu aniversário de 8 meses. se continuar assim, com 1 aninho você vai ter a dentadura completa! 😀

dizem que há bebês que com sua idade dão tchau, choram quando as pessoas vão embora e “estranham estranhos”. você continua sem chorar com estranhos (mas não abre sorrisões pra qualquer um, como antes), não dá tchau nem a pau e não reclama quando ninguém vai embora. mas está cada dia mais grudento, pedindo colo e querendo companhia. e nós estamos sempre aqui, juntinho de você e grudados, nosso macaquinho.

mais um mês com você na nossa vida, trazendo surpresas, alegrias e muito cansaço 🙂 mas também muito amor. veja nas fotos como você é feliz e brincalhão!

todo amor do mundo, da mamãe.

4 thoughts on “diário do otto: 8 meses

Leave a Reply