amamentação: depois de 2 meses…

… muitas coisas mudaram.

mantive a rotina de ordenha/amamentação como programado, mas o leite da ordenha diminuiu gradativamente, até chegar a 40ml por tirada 🙁 (no início eu tirava 150ml por vez).

acho que um fator importante para a diminuição do leite foi o fato do otto demandar menos leite mesmo, quando estava mamando, pois é mais interessado na comida sólida que no leite. até o suco ele tem gostado cada vez menos, preferindo as frutas inteiras. outro fator acho que foi a eliminação da mamada da madrugada, diminuindo a frequência de demanda (que pode também reduzir a quantidade).

uma das coisas que poderia ter feito quando percebi que o leite estava diminuindo é aumentar a frequência de ordenha e das mamadas do otto, pra estimular e produzir mais. mas sinceramente, seria um sacrifício (acordar de novo a madrugada toda, fazer mais pausas ainda no trabalho) que eu não estava disposta a fazer. até porque ele já está com 8 meses, e mamou só leite materno até agora. tá bom, né?

junto com essa diminuição começou a ficar cada vez mais horrível o período da noite: ele nunca dormiu a noite toda, acorda várias vezes desde que nasceu (normalmente pra mamar, mas pra pedir colo também). até o sétimo mês mantive a rotina de mamar de madrugada, mas resolvi parar, pelo bem da minha sanidade no dia seguinte no trabalho. e como ele mamava cada vez menos a cada mamada no peito, a noite estava um inferno de choradeira…

e durante o dia, tudo uma beleza (mesmo com menos leite), pois ele come MUITO bem e não tem fome. esse menino sem fome é um anjo. depois de conversarmos com o pediatra, ele sugeriu dar NAN (ou equivalente) na mamada da noite, 210ml, pra testar, e continuar dando o peito nas demais mamadas quando possível.

ele adorou o NAN, tomou tudo e passou a dormir muito melhor, felizmente. ainda acorda pedindo colo, mas agora sabemos que não é fome (e ele volta a dormir sem muito choro).

mantive então 2 mamadas por dia (7h e 19h) no peito, e 2 mamadas na mamadeira (15h e 23h/meia-noite). ele ainda tem os benefícios do leite materno, mas sem que eu precise me matar de dar o peito.

pude então parar com a ordenha, que apesar de ser tranquila demanda bom planejamento e 2 intervalos por dia no trabalho. ainda que tenho sorte de poder fazer esses 2 intervalos, e ter onde armazenar, etc.

resumindo, estou feliz por ter podido alimentá-lo exclusivamente com leite materno até os 8 meses, e por continuar amamentando parcialmente a partir de agora. continuo contando como está sendo a rotina, até que ele pare de mamar quando quiser ou até quando eu não aguentar mais 🙂 (seja por saco cheio, seja por causa das mordidas do mocinho com 7 dentes)

6 thoughts on “amamentação: depois de 2 meses…

Leave a Reply