diário do otto: 1 ano e 4 meses

 otto,

você já é praticamente um adulto, meu amor! \o/

brincadeiras à parte, é essa sensação que temos mesmo: que de um dia pro outro você deixou de ser bebê pra ser um menino. um menino que não fala palavras e frases ainda, é verdade, mas com comportamento de menino, sim. é impressionante (e até assustador) perceber o quanto você compreende o que falamos, apesar de não falar quase nada. há um certo link na cabeça da gente entre falar-ouvir, e supomos que já que você não fala, não entende muito o que falamos também. ledo engano. você simplesmente entende TUDO, frases como “pega o outro controle remoto pra mamãe, otto” (você pega mesmo o OUTRO e não o que já está na mão) ou “vamos trocar a fralda” (você dá a mãozinha e me leva pro trocador) ou até “come um pedaço de brócoli” (e você pega e come, com suas mãozinhas gorduchas).

sei que essas pequenas coisas parecem bobas pra quem não tem filhos, mas a gente se espanta porque há poucos meses este mesmo bebê nem sentava. há 1 ano não fazia NADA sozinho, e agora come, anda, pede coisas e tem vontade própria. é incrível!

você anda agora muito bem e segue a gente pela casa enquanto fazemos coisas, e arrisca (demais) corridas, nos deixando de cabelo em pé. chuta bola, sobe, desce (degraus inclusive), come “sozinho” com a colher (derrubando tudo, claro), pega tudo que vê pela frente e leva embora, especialmente sapatos (e volta pra buscar o par!), pede o que quer o tempo todo… ou seja: é a criança que não fala mais tagarela que já vi 🙂

o mais engraçado é que você “fala” com vogais tônicas: “á” pra água,  mamá, nai e pra dar coisas de forma geral; “ó” pra vovó, óculos, e pra mostrar; “é” é meio coringa, como se fosse concordando ou confirmando (“otto, quer biscoito? — É!”); “ô” pra biscoito e vovô. e sabemos que você sabe as vogais, porque fala mamã, papá, tetê, ígui (ziggy, um porco-espinho de pelúcia), e já falou ága e a-bô. sei lá o que falta pra deslanchar outras palavras, e enquanto isso vamos rindo do seu idioma de vogais.

mas JURO que dia desses você falou “água” perfeitamente pra mim. mas é só pra mim, o que me fez lembrar do sapo cantor 🙂

a coisa mais linda desse último mês é que você agora nos chama pra brincar, e propõe o que quer fazer claramente, é muito bonitinho. se você não fosse tão teimoso seria menos engraçado 😀 você se mete nas brincadeiras de bola e areia das crianças no parquinho (e a gente morre de medo deles derrubarem você, os pais superprotetores), é uma graça ver você começando a se interessar pelas outras crianças.

em casa, está um caos: além de correr pra todo lado, você agora aprendeu a abrir e fechar portas e gavetas ao seu alcance, e aprendeu até a guardar coisas (guardou sozinho uma faixa de cabelo da mamãe! no lugar errado, mas tudo bem). pelo menos você aprendeu a descer da cama, do sofá e a descer degraus maiores de costas (é super engraçado ver você descendo parecendo uma minhoca).

seu ritmo de sono está estabilizando (2 sonecas por dia, ao som da bendita galinha pintadinha e dormindo por volta de 19:30h até 6h da manhã), mas ainda tá dando muito trabalho pra pegar no sono. demora de 30min a 1h, e é bem chato de ficar lá com você revirando na cama que nem pipoca até dormir. mas vou achando paciência onde não tenho, porque afinal você é fofo de morder, e essa fase vai passar, aiai.

seu interesse por música e aparelhos eletrônicos só aumenta, e você adora brincar com o iphone e o ipad da mamãe, especialmente pra ver os vídeos da supracitada galinha e interagir com as bactérias e o talking tom. sabe destravar os 2 aparelhos sozinho, e colocar os vídeos de novo quando acabam. filhinho de nerd, nerdinho é 😀

estamos tentando ensinar você a dar beijo, mas tá difícil! dá um ou outro de vez em quando, mas só pra fazer graça. abraço, em compensação, você já aprendeu e pede pra dar, é lindo!

ah, e além dos 4 molares que você ganhou, tem mais 2 dentinhos nascendo em cima. você é praticamente um tubarão 😀 inclusive no apetite — continua comendo como gente grande, de tudo, especialmente brócoli, cenoura e frutas em geral. nosso orgulho!

estamos cada dia mais apaixonados por você, e nos divertindo muito acompanhando você crescer e se tornar uma pessoinha tão diferente de nós. estamos cansados como sempre, e felizes como nunca.

te amo, meu querido. um beijo da mamãe.

(aqui as fotos deste mês)

One thought on “diário do otto: 1 ano e 4 meses

  1. Zel, este é o tipo de relato que a gente le inteiro com um sorriso no rosto, de tanta delicadeza que possui. Olhando para trás lembro da minha bebe e sua evolução e sim, realmente o tempo voa,em maio vamos ao nosso primeiro show de rock juntas.Curta bastante as fases todas,depois,só as doces lembranças.Feliz ano para voces!!!(ou como se diz aqui na Catalunya,Feliç Any 2012!!!!!

Leave a Reply