o desfralde mal sucedido

essa semana desistimos do desfralde, depois de 7 meses de tentativa. o xixi quase sempre funciona chamar pra ir ao banheiro (mas nem sempre. e ele já sabe segurar!), mas o cocô ele simplesmente se recusa a tentar.

resistimos em voltar atrás, porque ele não quer colocar fralda, só quer “ficar de cueca”. mas não dá, neste frio, trocar de roupa 3, 4 vezes por dia. não é só a sujeira, é o stress, porque ele não quer trocar de roupa, não ajuda a limpar, é um inferno toda a vez que temos acidentes (e temos sempre).

conversamos com ele, e explicamos que ele poderá tirar a fralda quando estiver disposto a ir ao banheiro pelo menos tentar o cocô. e o xixi a gente continua convidando (e ele vai, e faz o xixi na privada na maior parte das vezes), mas o cocô vamos esperar ele estar pronto.

todos os lugares que consultamos dizem que não se deve voltar atrás quando começa o desfralde, que confunde a criança, etc. concordamos, mas achamos que pra ele e pra nós isso é melhor. e ele realmente entende o que estamos falando, pra nós parece que ele realmente não quer fazer cocô na privada. não parece preguiça, ou aquele esquema de “não quero parar de brincar pra ir”, é algo diferente. algo dele, que não entendemos, mas que resolvemos respeitar. ele não quer ir, então não vai. acreditamos que uma hora ele vai pedir, e vamos continuar incentivando.

vou compartilhando aqui como andamos com essa história, quem sabe tem mais gente por aí que passa por isso e a gente nem sabe 🙂

de qualquer forma, obrigada pelas várias dicas! vamos continuar tentando de outro jeito.

10 thoughts on “o desfralde mal sucedido

  1. zel, aqui em casa o desfralde da sofia foi uma novela mexicana. não o de xixi, que foi tudo tranquilo com 2 anos e meio, mas o de cocô demorou séculos. respeitamos todo o processo, ela pedia pra pôr a fralda na hora em que queria fazer, e isso foi até os quatro. um dia do nada parou. é lógico que dá um desânimo às vezes, mas um dia eu dei uma de louca e falei que não ia mais pôr fralda e a menina ficou dois dias sem ir ao banheiro. depois desencanamos total e assim é que ela relaxou, acho.
    agora com a alice foi vapt-vupt, o dia em que ela resolveu foi lá e fez. no vaso direto, sem adaptador nem nada. e nunca escapou um cocô nem xixi (nem noturno), impressionante. mas também dessa vez fiquei mais esperta comigo mesma e não forcei nenhuma vez, inclusive quando isso aconteceu ela já tinha 3 anos e um mês. o pediatra delas fala que na verdade o desfralde devia ser iniciado aos três, quando eles já têm muito mais controle e noção do próprio corpo.
    beijo e boa sorte!

    • tem razão, por isso decidimos voltar atrás. ele faz xixi QUASE sempre na privada, mas cocô não quer saber. mas também não quer a fralda, o que nos levou a achar que podíamos desfraldar. mas desistimos numa boa, conversamos com ele, avisamos que quando ele quiser começar a fazer xixi e cocô na privada, que a gente tira a fralda e pronto. vamos aguardar 🙂

      beijos!

  2. Zel, meu pequeno agora com 2 anos e cinco meses feitos ontem 🙂 finalmente resolveu fazer coco na privada nas ultimas 2 semanas.
    Tirei a fralda no verão quando ele tinha 1ano e 10 meses, e o xixi foi bem desde o inicio, moro no RS que é frio para caramba e sabia que no inverno não ia rolar. Mas o cocô não tinha jeito… Como tirei a fralda cedo , eu sei, não forcei e continuei tentando. Ele faz cocô logo pela amnhã após o café, então deixava a fralda da noite até esse horario que era no maximo meia hora depois e ai ja limpava tudo…
    Mas as vezes não saia pela manhã e então era o stres da escapada durante o dia. Ele sentia vontade, sabia controlar mas o que percebi que ele sempre se escondia quando queria fazer. Ele ficava mega constrangido ao fazer o cocô. Então achei que ele precisava tem o momento dele, escondidinho.
    Comprei um peniquinho cheio das coisas com musiquinha e tal, coloquei no banheiro, ao acordar colocava ele sentado dava o celular ou o tablet para ele brincar e encostava a porta para ele ficar a vontade, e começou a rolar. Cada vez que ele conseguia eu parabenizava e começamos a colar adesivinhos no mural do quarto e ele adorou, e agora pede e se concentra no ato. Acho que ele precisava disso de reserva para fazer e relaxar, afinal quem gosta de plateia para defecar ?
    Boa sorte que a hora dele vai chegar cada um tem seu tempo, ai dá o estalo e tudo flui lindamente.

    • menina, tentamos o adesivo, parabéns, música, TUDO. nada funcionou até o momento, e ele diz bem claramente que NÃO QUER fazer na privada, e pronto. por isso decidimos voltar atrás e esperar ele se interessar em fazer como os adultos. ele consegue segurar, mas se recusa a ir para a privada. estou imaginando que ele precisa decidir, então… é ter paciência 🙂 parabéns pro seu pequeno! \o/

  3. Eu comecei o meu timidamente fim de semana passado – Júlia com 2 anos e 3 meses fica agoniada quando faz xixi na fralda, e pede pra tirar imediatamente após fazer. Cocô ela avisa que fez. Achei que eram sinais e comprei um penico. Ele até sentou nele, fez farra e tudo mais, mas quando fez xixi no penico ficou nervosa, chorou porque “vazou tudo, Mamãe”… Até explicar que é assim mesmo, que não vazou, que agora ela faz xixi e cocô igual a Mamãe e o Papai no vaso, ela chorou muito sentida…
    Talvez eu espere mais um pouco. A ver.

    Um dos meus irmãos tinha medo/nojo/neura de fazer cocô. Eu lembro bem dele sentar no chão e fazer força para o cocô não sair quando tinha uns 3 anos…

    • hahahhhaha! boa sorte aí. pra muitas crianças é simples e tranquilo, aqui é que está essa novela. então paramos de valorizar o assunto, deixa pra lá, tentamos depois 🙂 beijo.

  4. Eu acho que poucas coisas são mais bobagem que isso de “se começar, não volte atrás”. Principalmente quando se trata de crianças (falam isso pra desfralde, desmame, tirar chupeta… e depois mantém isso e tem um monte de adulto frustrado na vida porque não quer voltar atrás em decisões que todo mundo já viu que não foram acertadas). Vocês tentaram, por 7 meses, não rolou, rolará no futuro, pronto. É diferente de ficar “oh, hoje eu vou tentar, amanhã não, depois de amanhã talvez”.

    O desfralde vai vir na hora dele, vc vai ver =) E vai ter bem menos estresse que agora!

    Beijos

    • é, a gente decidiu ir nessa linha mesmo viu? explicamos pra ele que vamos tentar depois, quando ELE se sentir à vontade com o processo. no fim, a gente interpretou errado os sinais, acontece. e não vamos transformar isso num problema maior do que é… obrigada pela força 🙂 beijo.

Leave a Reply