emergência

(tivemos um pequeno acidente no domingo — ele caiu e bateu a mãozinha esticada na base da geladeira. muita dor, inchou, não deixava por a mão… fomos pra UPA pra ver)

**

Otto na UPA é sempre um episódio… entramos, em 5min nos chamaram pra triagem.

 

Enfermeiro: “me conta o que houve!”

 

O: “eu caí e bati os dedos e tá doendo MUITO!”

 

E: “deixa eu ver…”

 

O: “NÃO PODE POR A MÃO!”

 

E: “… vamos então pesar e ver seus batimentos” (amou essa parte)

 

O: “não precisa tirar o sapato pra pesar?”

 

(HAHAHAHAHHAHA!)

 

**

 

Tinha 2 crianças na frente dele. Demorou uns 15min, e ela chamou, fomos.

 

Médica: “tudo bem, Otto?”

 

O: “tudo, mas você demorou demais pra me atender!”

 

😬

 

M: “hahhahaha mas olha aqui (mostrou as fichas) tem crianças na sua frente, eu atendo na ordem!”

 

M: “bom, então me mostra o que foi.”

 

O: “(ele conta e mostra) mas você não vai poder colocar a mão, tá que dá doendo muito”

 

M: “Tá, tá, não precisa por enquanto. Me mostra com seu dedo onde é, pra gente fazer o raio-X”

 

Fomos pro raio-x, já comecei o briefing né?

 

Eu: “seguinte, Otto, agora você vai seguir a instrução, porque o moço é especialista nisso e precisa que você faça o que ele pedir pro Raio-X dar certo, ok? Então talvez doa um pouco pra ele mexer na sua mão, mas tem que fazer.”

 

O: “ok, ok.”

 

Moço veio, deu instrução, pediu pra ficar parado, mexeu na mão 2x pra posicionar e ele não deu UM PIO.

 

Demorou uns 5 min, saímos, elogiei.

 

Eu: “que legal, Otto! Viu como foi super rápido? Você fez tudo que o moço pediu sem reclamar, saímos rapidinho!”

 

O: “não é que eu não reclamei porque não doeu; não reclamei porque não podia reclamar.”

 

Own ❤

 

Médica: “não quebrou nada, Otto, isso foi uma contusão, vou te dar um remédio”

 

O: “amassou?”

 

M: “isso 🙂 uma compressa de gelo ajuda também”

 

O: “não coloco gelo de jeito nenhum!”

 

Eu: “BRIGADA HEIN DOUTORA, DEUS LHE PAGUE!” (Arrastando o menino)

 

Entre mortos e feridos, salvaram-se todos.

Comments are closed.