Idiota

Julho, 2015

(A Maria Lucia vai gostar dessa)

Graças aos vilões, Otto aprendeu a palavra “idiota”, usada pelo Locki, mas não sabe o que é (tamos tentando ensinar e evitar que ele aplique no dia a dia :D).

Ele hoje quis brincar de escrever no meu computador, no Word, ele adora. Ficou lá, daqui a pouco ele fala: “mamãe, escrevi IDIOTA!”

(Afe! Deixa ver)

Na tela, “IOA”

😉

Achei incrível a suposição dele, sem as consoantes. Como será que se dá sem indução a transformação dos sons em letras? Parece natural que as vogais façam mais sentido que as consoantes, não é?

(Nunca pensei nisso)

Ele evoluiu sozinho pra IDI- (encontrou o D na palavra, super legal), e o resto se perdeu nas distrações que vocês viram depois no vídeo que compartilhei (divertidíssimo).

Quisera lembrar de como foi a descoberta do mundo das palavras escritas. Que mágico (e tão lindamente humano!) é isso <3