10 anos. Uma década, em meio à pandemia

A parte ruim de fazer o aniversário de 10 anos do menino 100% virtual: não poder abraçar ninguém 😭

A parte boa de fazer a festa 100% virtual: em 20min a casa tava limpa e arrumada e a louça toda lavando na máquina 😁

Fizemos a live mais louca do mundo, com 2 grupos de chat, nave-mãe comandada pelo Vinicius com direito a filmes de transição para cada planeta, conexões da TARDIS com os planetas e satélites do sistema solar e parabéns  virtual.

Teve gente fantasiada, teve brigadeiro que deu errado, teve coxinha do tamanho de um elefante bebê, teve menino vestido de Dr Who 12a temporada (o mais velho, lógico 🤣) e teve muito amor que chega de qualquer forma até a gente.

Muito obrigada pelos votos, pelo carinho com o Otto e conosco. Vamos juntos nessa viagem bem louca, e nos divertindo e brincando, senão ninguém segura esse rojão.

(Atenção à gambiarra pra se conectar no meio da sala 🤣)

❤️💜🌈

10 anos

Construindo

Maria me liga pra falar com o Otto e ele mui educadamente (só que não) avisa pra ela que “tá muito ocupado construindo e não pode falar”. Consegui roubar uns 30seg dele, e depois fiquei conversando e contando as novidades.

Fui pro outro quarto e falávamos da escola, e contei que ATÉ O OTTO tava querendo voltar pra escola (Maria acompanhou a saga toda in loco por 8 anos né), e o menino grita lá do outro quarto:

“Pra você ver que o NÍVEL DE CHATICE tá tão alto que até eu quero voltar pra escola!”

🤣🤣🤣🤣

Maria: “não mudou nada, ele, né?”

😬