Like a prayer

Assistindo Supergirl, episódio sobre um culto ao Rhao:

O: “mãe, o que é orar?”

Eu: “é rezar!”

O: “também não sei o que é rezar!”

Eu: (vixe) “é quando alguém deseja coisas boas, fala com alguém que considera importante e não está ali. É meio como meditar, sabe?”

O: “ah, tá.”

(Que bom, porque percebi que é dificílimo explicar isso quando não se acredita num ser superior imaginário)