apanhado do facebook: setembro

[setembro] 4 de Setembro foi o dia em que o Otto veio pra casa, depois de longos 8 dias de UTI.

Quase como um segundo aniversário, o dia em que tivemos nosso filho em casa pela primeira vez.

**

[setembro] Hoje na escola do Otto o lanche foi tamarindo, a fruta. Ele foi o único que comeu (e repetiu, e tá pedindo mais até agora).

MY BOY! 

**

[setembro] Otto hoje viu eu e Fernando pegando chiclete no carro e pediu. Expliquei — “esse é pra gente grande, gatinho!”. E ele: “mas eu SOU grande, mamãe!”

(concordei que ele É grande, mas ainda não é gente grande, coisinha pequena da mamãe)

**

[setembro] Hahahahhaha, Otto neste momento na varanda, indignado: “por que que está escurecendo?!”

😀

**

[setembro] Otto tomando banho de banheira comigo, chama o pai pra ajudar numa questão:

Otto: “papai, eu quero jogar água nas pessoas; jogar água nas pessoas É LEGAL!”
Fernando: “E quem são ‘as pessoas’ nesse caso?”
Otto: “Essa pessoa aqui –” (e aponta pra mim. Que já deixei bem claro que NÃO quero que me jogue água)
Fernando: “Essa pessoa não quer que jogue água. Você gosta quando jogam água em você?”
Otto: “PARA, papai!”

E encerra a discussão.

Pra quem pensa, mesmo que remotamente, que crianças não entendem as coisas…

**

[setembro] O dia nunca começa bem depois de deixar o menino chorando na escola porque não quer ficar.

Além do inconveniente da doença de 10 dias, tem a mudança de rotina, esse problema de dimensões continentais para uma criança de 3 anos.

**

[setembro] ontem, no meio de uma DR com o otto, ele fala “EU VOU FUGIR!” e sai correndo pro quintal.

achei que demorava mais, sei lá, uns 3 ou 4 anos pra acontecer isso.

(e eu caí na gargalhada, claro, mãe-orangotanga que sou)

**

[setembro] Olha, acreditando ou não em astrologia é divertidíssimo observar e comparar os arquétipos. O Otto é virgem com ascendente em virgem. E é completamente hipocondríaco, AMA um remedinho, está achando o máximo ter um curativão no braço.

Hoje o Fernando levou ele na pediatra pra ver o estrago, e ele enrolou ela pra não tirar o curativo externo (e mais chamativo). Quando finalmente ele cedeu, exigiu que colocasse o curativo de volta (foi pro outro braço), e agora ele é um menino contente, com 2 curativos.

(e a lua em Áries dele garante que sempre terá uns machucadinhos pra mostrar, pra desespero da mãe)

**

[setembro] No sábado visitamos a Fernanda e Alexei, e a pequena deles, 1a10m, sentou do lado do Otto na mesa pra almoçar. O Otto deu um chilique por motivo X, e começou a chorar. Ela chegou perto dele, passou a mãozinha na cabeça dele e ofereceu COLO com os bracinhos! 

Viramos todos uma poça de baba e arco-íris.

**

[setembro] os germes são nossos amigos 🙂 artigo em inglês.