diário do otto: 3 anos e 3, 4 e 5 meses

otto,

agora parece que realmente perdeu o sentido escrever a cada mês, seja porque a fase mais intensa dos grandes marcos de desenvolvimento passaram, seja porque estou também envolvida com tantas outras coisas que o tempo me atropela. pode ser também que eu é que tenha deixado de me importar tanto em prestar atenção às “novidades” e aproveitar sua companhia, cada dia mais deliciosa <3

reiniciamos seu desfralde pela 2a vez há menos de 2 meses, e já considero como um sucesso. o xixi foi muito fácil, em 2 semanas estava resolvido, já o cocô demorou mais um pouco, com alguns episódios de fazer na roupa ou no chão <o>, mas hoje completamos 1 semana inteira sem nenhum incidente, inclusive saindo para passar o dia fora sem fralda! estamos muito orgulhosos de você. pode parecer uma coisa boba, mas é um controle importante do corpo, que sequer lembramos que aprendemos (depois de adultos, parece que sempre soubemos né?). agora você avisa que quer ir, e já sai correndo com a gente pra fazer direitinho. um moço!

nestas férias algumas coisas mudaram bastante — você começou a dormir um pouco mais tarde (porque nós deixamos, claro) e começou também a acordar BEM mais tarde (9h, 9:30h!), o que é uma maravilha para os seus pais que adoram dormir, mas será certamente um problema quando as aulas voltarem. teremos que fazer uma transição pra evitar choro e ranger de dentes na hora de acordar…

algumas coisas mudaram bastante nestes meses, você tem se interessado mais por histórias diferentes (novos filmes, ufa), mas continua encantado com o wall-e, a ponto de desenhar o robô o dia todo, de todas as formas. aliás, seus desenhos estão cada vez melhores e mais complexos, é muito legal de observar. e você adora desenhar, se deixar passa o dia todo com papel e caneta.

você também tem se desenvolvido bem na parte física, que nunca foi exatamente seu forte — já está andando de bicicleta direitinho (com as rodinhas) e sobe nas coisas de um jeito que não fazia antes. procuramos continuar incentivando você, que precisa mesmo ganhar mais confiança e testar seus limites!

a coisa mais linda que aconteceu esse mês foi seu interesse pela “ode à alegria” de beethoven, graças ao curta do burn-e, que nos emocionou muito. ver você apreciando música é a realização de um sonho nosso como pais, sendo o assunto tão importante pra nós. você nem sabe o quanto sua alegria nos faz felizes. aliás, acho que é impossível explicar para quem não tem filhos o que significa ver nossos filhos felizes — é uma alegria multiplicada por milhares, fogos de artifício imaginários, o que pode haver de mais delicioso na vida.

**

sua rotina só mudou quanto ao sono, cada vez melhor, e ainda dormindo conosco (não canso de dizer o quanto é gostoso dormir com você, tão pequeno e carinhoso nos abraçando…), acordando com seu sorrisão de feliz <3

continua comendo tudo e mais um pouco, se interessando por coisas novas, sem medo de provar nada. mas também continua nos enfrentando bastante e colocando seus quereres, o que é muito legal e nos deixa felizes. você é um menino sensível e tranquilo, mas com bastante personalidade, que sabe se posicionar quando é necessário. bem melhor que seus pais, inclusive 😀

**

nosso amor só cresce, e a cada noite depois que você vai dormir seu pai e eu nos olhamos e dizemos, como um coro: “como ele é querido, que menino mais especial!”. a gente procura sempre dizer o quanto ama você, espero que isso nunca seja fonte de dúvida pra você, mas que também fique registrado aqui, preto no branco: amamos você demais, e admiramos sua personalidade, seu jeito doce e ao mesmo tempo determinado. que você se mantenha assim, pois será de grande valia na sua vida para ser feliz <3

aqui estão fotos destes seus meses, todas tiradas e guardadas com muito amor: 3 anos e 3 meses, 3 anos e 4 meses, 3 anos e 5 meses.

um beijo maior que o mundo da sua mamãe que adora você mais que tudo.

mézimor péssicor

ou, em inglês padrão, morris lessmore, protagonista de umas das apps preferidas do otto e também de uma das histórias que ele mais gosta de ler com a gente antes de dormir.

pra quem não conhece, tenho o prazer de apresentar the fantastic flying book of morris lessmore, ou numa linda tradução do livro para o português, os fantásticos livros voadores de modesto máximo. você pode escolher a mídia, é tudo lindo: o curta, ganhador de oscar em 2012, entre outros prêmios; a aplicação para ipad, que é apaixonante e interativa (além de contar com uma impecável narração); o livro, que usa o mesmo texto da aplicação e é muito bonito também.

não me lembro de onde veio a app, quem indicou (não conhecia o curta e nem o livro), mas nos apaixonamos imediatamente. o otto demorou um pouco para curtir de verdade, mas depois ficou fã e volta com frequência para a história, e interage muito bem. é muito lindo quando contamos a história usando o livro, pois ele complementa com as informações que estão na app (que é mais completa), e lembra inclusive das músicas!

resumindo, essa é a história de morris, apaixonado por palavras, livros e histórias. um dia, um furacão levou tudo o que ele tinha, inclusive as histórias do seu livro pessoal, e ele, sem destino, saiu andando pelo mundo. encontrou então uma linda moça que voava, arrastada por um esquadrão de livros voadores! ela pediu que um dos livros o acompanhasse, e este livro o levou à biblioteca dos livros voadores, onde sua história com os livros começou. e mais não conto, pra não estragar a história 🙂

recomendo muito o curta, a app e o livro para todos, mas em especial para as crianças. essa história de amor aos livros é linda, e muito emocionante.