coisas boas

ainda em busca de sites com dicas de português, achei um simples e bom. segue um exemplo de erro interessante:

o candidato estava literalmente nervoso. literalmente significa “transcrição por escrito, com todas as letras; fiel ao texto original, sem alterar palavra”. é o caso da frase? claro que não! não se pode sequer imaginar alguém “literalmente” nervoso. é provável que o se tenha querido dizer que o candidato estava muito nervoso, o que seria correto.

**

o fim da tarde de hoje, visto aqui da minha sala (vista da zona leste da cidade).

0 comments to “coisas boas”
0 comments to “coisas boas”
  1. Engraçado, eu sempre uso literalmente para falar de estados emocionais, principalmente se quero dizer: absolutamente condizente com a literatura que o descreve; um estado ao “pé da letra”… Acho que porque em psicologia a gente usa muito as definições didáticas na classificação de personalidades, estados afetivos. É também comum usar: fulano é de livro! Querendo dar entender que ele tem tudo que os livros costumam descrever naquele ipo psicológico. quero só ver se vou conseguir mudar isso.. Acho tããão difícil.

    Beijo!

Deixe uma resposta