e agora uma receita de verdade

não é de natal, mas ninguém especificou, então tá tudo bem 🙂

**

quando estive no méxico ano passado comi tudo o que tinha direito e mais um pouco além do bom senso. não tou exagerando: comi tudo que me ofereceram (graças a deus ali pela região em que eu estava não se comem insetos…) e amei cada bocado. só que na segunda semana de comida típica eu já não podia sentir nem o cheiro de coentro e tudo por lá leva esse tempero. demorei pra retomar a vontade de comida mexicana, mas ela voltou, felizmente 🙂

fiz semana passada essa receita adorável e comi de me esbaldar. vou passar a minha versão testada e aprovada. espero que gostem 🙂

frijoles refritos [feijão refogado, tradução livre minha]

ingredientes

(a original)

1/2 kg de feijão (rosado, roxo, rajado – em suma, marrom :))

1 ramo pequeno de tomilho fresco

1 ramo pequeno de salsinha picada

3 cebolas médias picadinhas (1 para cozinhar o feijão; 2 para o refogado)

1 ramo pequeno hortelã-pimenta

1/2 xícara de banha de porco

1 colher de sopa rasa de cominho moído

sal a gosto

(a modificada por mim)

tomilho: usei 1 colher de sopa do tomilho seco

2 cebolas médias picadinhas (1 para cozinhar o feijão; 1 para o refogado)

não usei o hortelã

banha de porco: usei 2 colheres de sopa de manteiga, não tinha banha 🙁

1/2 xícara de coentro picado

1 colher de sopa cheia de janapeños verdes picantes (na falta pode usar pimenta malagueta que funciona)

acessórios

panela de pressão ou panela grande para cozinhar o feijão

mixer, processador, liquidificador, amassador manual – qualquer coisa que ajude a transformar o feijão cozido em purê 🙂

tábua de picar

faca de legumes para picar

como fazer

bem, primeiro você faz o feijão, assim: escolha, lave, deixe de molho no dia anterior coberto de água fria (se esquecer, como eu, cubra com água fervente e deixe 1h, funciona igual). escorra, coloque o feijão na panela de pressão com o tomilho, hortelã-pimenta, salsinha e 1 cebola picadinha, cubra com água e cozinhe por 15 minutos depois de iniciar a fervura (quando a panela de pressão começar a chiar, conte 15 minutos e tire).

você tem medo de panela de pressão? leia esse texto meu e pare de frescura 🙂

o feijão está pronto, pode separar os feijões da água (provavelmente tem água demais, você não precisa de tudo) e transformar em purê. eu usei o mixer direto na panela, adicionando a água do cozimento para dar o ponto de purê, mas pode usar o amassador ou liquidificador (tome cuidado com a quentura, não deixe espirrar!). se quiser, guarde o caldo do feijão e use numa sopa, por exemplo, ou pra cozinhar legumes. invente 🙂

a receita original pede que sejam mantidos alguns feijões inteiros misturados ao purê, mas eu prefiro só purê. experimente e decida, me conte o que acha.

pronto o purê de feijão, chegou a hora de refritá-los: usei uma frigideirona que tenho aqui em casa, coube todo o purê. cuidado, porque o volume é grande, se sua frigideira for pequena faça em porções menores, aos poucos.

a receita mais simples manda esquentar a manteiga ou banha, fritar a cebola até começar a escurecer e adicionar o purê de feijão, misturando bem, colocando o cominho e acertando o sal. faça isso com o purê todo e seus frijoles estão prontos!

eu fiz um tiquinho diferente: adicionei ao refogado original os jalapeños verdes picadinhos e só então refoguei o purê. no final, quando já estava pronto, juntei o coentro fresquinho picado.

gente, comida mexicana sem coentro é comida paraguaia. recomendo fortemente a versão picante com coentro, é muito melhor.

sirva com tortilhas de milho, tipo doritos, com pão, com salada, com qualquer coisa. é ma-ra-vi-lho-so e nutritivo.

ai que fome… 😀

Deixe uma resposta