conversinhas

às vezes leio coisas que me deixam com muita vergonha alheia, por exemplo excesso de detalhes sobre a própria vida sexual. quem quer saber se haverá intercourse entre você e Y ou não?

aí eu me lembro deste blog há 6 anos e tenho vontade de me jogar do viaduto do chá. eu apaguei aqueles arquivos vergonhosos, mas vocês sabem que nunca some de vez… é nessas horas que eu vejo que meus amigos de então podiam ter sido mais amigos e me dado um puxão de orelha bem dado – me digam se alguém realmente precisa contar pra deus e o mundo que vai trepar hoje, amanhã ou na próxima sexta-feira?

jesus, me chicoteia, porque eu mereço.

**

eu li e gostei do post de 19/02 deste blog sobre cuba e a aposentadoria de fidel. tenho sentimentos controversos a respeito do assunto – gosto da idéia de oposição ao american way of life e acho medíocre ter como meta de vida morar em miami (pra não dizer USA de uma vez). não gosto da idéia da tal falta de liberdade, da inexistência da democracia… mas aqui entre nós, que porra de liberdade pobre tem em qualquer lugar do mundo? somos escravos do dinheiro e do trabalho, em maior ou menor grau. miseráveis são escravos em qualquer parte do mundo, inclusive lá em miami.

certo ou errado, eu acho fidel admirável. além de ser um cara inteligente e articulado, ao contrário do que os idiotas que discordam dos seus métodos insistem em afirmar. só gente idiota contesta idéias colocando a inteligência do outro em questão.

**

sabem a lenda de midas, sobre transformar tudo o que toca em ouro? tem um tipo de pessoa que é o midas ao avesso – transforma tudo o que toca em merda.

sério, tem gente que tem o dom de estragar qualquer assunto. pode ser a coisa mais legal do mundo, tipo margaridas ou brigadeiro branco, não importa. essas pessoas conseguem encontrar coisas ruins até em coxinha de padaria que, convenhamos, é um manjar dos deuses.

ai como eu fujo de gente assim. e quanto mais eu rezo, mais assombração aparece, ca-la-ro.

**

um conselho importante, a nível de estética: se você estiver ficando calvo, pelo amor de deus CORTE esse cabelo medonho. não fique como esse nosso velho conhecido. eu sei que ninguém te falou isso assim, na cara, mas eu falo: é ridículo.

**

estamos com problema na contratação de banda larga aqui no meio da floresta sub-temperada de vinhedo. speedy (sai, capeta) e virtua (grrr) não chegam, portanto houston, we have a problem. alguma alma boa pode nos recomendar opções, pelo amor de deus? 😀

**

voltando ao meu assunto preferido (comida, claro), minha mãe fez semana passada um pudim de capuccino que é um escândalo. prometo a receita, aguardem com água na boca.

0 comments to “conversinhas”
0 comments to “conversinhas”
  1. Zel, eu uso banda larga 3g da Claro… não tá lá essas coisas, mas tá bem melhor que a discada… Só tem a instabilidade do tempo, se chove fica ruim… conheço gente que usa Vivo Zap há um ano e nunca teve reclamações…

    Mas eu moro na paulista… tem que ver se aí na floresta tem sinal 3g 🙂

    beijo!

Deixe uma resposta