meu primeiro livro

acabo de perder um post enorme com a lista de filmes e livros da semana, tou injuriada. pra passar, respondo à pergunta da lu freitas.

meu primeiro livro (ganhei com 5 ou 6 anos) foi o planeta lilás do ziraldo. lembro quem me deu o livro (minha tia mais velha, irmã do meu pai. que aliás também me deu uma coleção de ilustrações do escher quando eu fiz 15 anos) e lembro também de ter ADORADO. me senti tão importante ganhando um livro, vocês nem imaginam.

minha mãe sempre leu muito (nada profundo, livros de entretenimento mesmo), viva com livros na mão. eu então sempre achei o máximo ler, e esse livro foi meu primeiro livro meu. nem lembro se li algo antes disso, por minha conta (é possível), o que contou mesmo foi esse.

apesar desse ter sido realmente o primeiro, tem outros 3 livros que marcaram muito a minha primeira infância: se, será, serafina; a fada que tinha idéias e a bolsa amarela (uma rua como aquela foi mais adiante :)).

e vocês? qual foi seu primeiro livro?

11 comments to “meu primeiro livro”
11 comments to “meu primeiro livro”
  1. Lembro com muito carinho de “Lúcia-já-vou-indo”, “A curiosidade premiada” e de um livros de poemas, muito delicado, da Cecília Meirelles. “Marcelo, marmelo, martelo” tb é muito legal, como tudo escrito pela Ruth Rocha. Tb li “A fada que tinha idéias”, coisa mais fofa!

  2. Eu lembro, vagamente, de uma apresentação de teatrinho na pré-escola, e de ganhar os livros Davi, meu Amiguinho e O Barquinho de Papel. Lembro dos nomes porque ainda não sabia ler, então pedia sempre para lerem para mim. Quando fiz 9 anos, ganhei Isto ou Aquilo, da Cecilia Meireles, uma edição linda, colorida, deliciosa.

    A Bolsa Amarela eu li na adolescência e é um dos meus livros preferidos até hoje Eu lembro, vagamente, de uma apresentação de teatrinho na pré-escola, e de ganhar os livros Davi, meu Amiguinho e O Barquinho de Papel. Lembro dos nomes porque ainda não sabia ler, então pedia sempre para lerem para mim. Quando fiz 9 anos, ganhei Isto ou Aquilo, da Cecilia Meireles, uma edição linda, colorida, deliciosa.

    A Bolsa Amarela eu li na adolescência e é um dos meus livros preferidos até hoje <3

  3. Não sei se foi o primeiro livro, mas o primeiro de que me lembro é Pé de Pilão, do Mário Quintana. Ganhei de meu avô, que foi ao lançamento, na Livraria do Globo (em Porto Alegre), e me trouxe o livro autografado. Fui pesquisar agora quando foi isso, foi em 1975; eu tinha 4 anos, nem sabia ler!

    Outro de meus primeiros livros tb foi presente de meu avô; um de poemas para crianças, do Luiz Coronel, tb autografado. Comecei a pensar por que meu avô costumava ir a lançamentos de livros de poemas infantis… lembrei que ele também era poeta (embora amador)… tudo começou a fazer mais sentido agora. Obrigada por nos suscitar esse tipo de lembranças!

  4. Zel,

    o primeiro livro ganhei de minha mãe, é o “De onde vem os bebês”. Acho que eu tinha uns seis anos. Depois não lembro em que ordem vieram os outros, mas lembro de ter lido MUITO na época da escola… A partir da nossa antiga terceira série, eram 4 livros por ano que nós precisávamos ler, fazer um trabalhinho de interpretação, tudo bem bacana. Acho que foi muito importante pra desenvolver meu gosto por leitura.

    Depois herdei da minha mãe os livros dela e me achei muito importante, por já poder ler os livros “de adultos”.

    Beijo.

  5. zel, tive o privilégio de nascer numa familia cercada de livros, revistas, histórias em quadrinhos, etc, então amo ler desde sempre, o primeiro livro que li foi “reinações de narizinho” (MLobato), mas o primeiro livro para chamar de meu foi “coração de vidro”,(JMauro Vasc) chorei, chorei e só de lembrar agora, fiquei emocionada…

    bj

    selma

  6. “Ou Isto Ou Aquilo”! (não sei se foi o primeirão, mas foi minha primeira paixão literária). E eu lembro desses todos que todo mundo citou também, e mais “Uma Ideia Toda Azul” da Marina Colasanti, “Bem Do Seu Tamanho”, da Ana Maria Machado, “Flicts”, “Chapeuzinho Amarelo”…

    Uma coisa que tem acontecido há um tempo é eu topar com livros queridíssimos que fizeram parte da minha infância e trazer pra compartilhar com Lia e Dorinha. É tãaaao bacana! 🙂

    beijo enorme,

    Dani

  7. ai jesus, coração de vidro… definitivamente não foi o primeiro, mas foi um dos mais marcantes com certeza. SOFRO só de lembrar, mas quer saber? acho que foi importante pra me despertar a consciência ecológica da MARRA 😀 acho que eu daria pro meu filho ler (acompanhado de lenços)

    ai que delícia esses livros todos… quero ler tudo de novo 😀

  8. Ai que delícia ver que a minha cutucada levantou este poeirão aqui no blog da Zel… vontade de ler tudo de novo aqui também. Acho que a gente pode fazer uma sessão revival depois que a onda de novidades que a chegada do piolho com certeza trará, né, Zel?

    beijo gigante procê e pras amigas.

  9. Zel, meu primeiro livro foi o “Reinações de Narizinho”, edição de 1900 e bolinha, que era da minha tia. Tenho até hoje e de vez em quando Sophia (minha sobrinha) vem para o meu quarto para ler uns trechinhos.

    Beijinhos, Cris Yumi

  10. Tá, acho que sei porque resisti tantos anos a livros. Meu primeiro foi O escaravelho do diabo.

    Outro dia vi essa “coisa” numa livraria e deu até arrepio! Não sei se foi a fase da minha vida, mas fiquei traumatizada?

    Tá, depois no colegial tive o prazer de ser apresentada para a Clarisse Lispector e dai aflorou o amor pela leitura. Mas esse atraso tem seu preço: eu leio 1 livro em 2 semanas e a Dona Ivanise em 2 horas. Droga!!!!!

Deixe uma resposta