quem são eles e quem somos nós?

pra começar, um pouco mais de informação sobre os ferrets: sua família e sua história.

ferrets não são roedores, são carnívoros. ferrets tampouco são animais silvestres, eles vêm sendo domesticados há centenas de anos para controle de pragas (roedores) e são quase tão populares quanto cães e gatos nos estados unidos, de onde eles vêm para o brasil. ferrets são animais ativos, brincalhões e que dão trabalho pra cuidar, sim. eles custam caro tanto para comprar quanto para manter (se alguém disser o contrário, desconfie). são criaturas felizes, divertidas e extremamente carinhosas (quando nos brindam com sua atenção). devem ser amados e respeitados, como todos os outros animais.

neste blog você vai encontrar de tudo sobre ferrets: informação, histórias, fotos, relatos de problemas e soluções. nosso objetivo é compartilhar um pouco do prazer que a convivência com esses pequenos nos traz e também informar outras pessoas que tenham ferrets ou que queiram saber mais sobre eles.

segue um pouco de informação sobre nossa família:

pastel ou pastelito (albino, macho). nasceu em 03/fev/2000, foi comprado filhote e chegou a quase 2,5kg. se foi em 11/jan/2002, cedo demais, com uma pneumonia. enquanto esteve conosco foi uma criatura mimada e rabugenta. mordia profissionalmente e se escondia como um espião. odiava contato físico sem sua iniciativa. tinha ódio de antúrios, por razão desconhecida. comia calcinhas e batia no irmão. principal característica: rabujice

pixel ou pixolino (silver mitt que se tornou white, macho). nasceu em 18/mar/2000, foi comprado filhote e pesava cerca de 1,2kg. se foi em 21/set/2005 com uma úlcera gravíssima não detectada a tempo. foi e sempre será o amor da minha vida. foi o ferret mais doce e querido que já vi, dormia na cama com a cabeça no travesseiro. atendia quando chamado, adorava pêra (se eu mordesse uma pêra em qualquer cômodo da casa ele aparecia, de onde estivesse), passava as mãozinhas na cara e fazia o cocodrilo (aquele movimento de rotação que o crocodilo faz quando morde sua vítima). derrubava livros da estante, abria gavetas e dava beijinhos nas pessoas que amava, sempre. principal característica: doçura

groo ou gumercindo (panda, macho pra chuchu). nasceu em 16/abr/2000, foi adotado em 2004. o dono anterior achava que ele tinha metade da idade que tinha e que era fêmea. era alimentado com comida do tipo indeterminada (desconfiamos de arroz, feijão e bife). já foi operado de uma adrenal e do pâncreas (out/2006), tinha tumores malignos. pesa cerca de 1,5kg e anda por aqui empurrando os móveis da casa. principal característica: mau-humor crônico

didi (silver, fêmea). nasceu em 29/set/2000, foi adotada em 2002, pesa cerca de 650g. é a dona da casa e profissional em transporte de objetos de pelúcia e sapatos. ela engana porque é pequena, mas nenhum ferret, mesmo os que são o dobro dela, se metem a besta: ela enfia a porrada neles e só faz o que quer. sabe exatamente onde fica cada um dos seus bichos de pelúcia e se irrita profundamente quando tiramos algum deles do lugar. morde sem dó nem piedade e não sai correndo. achamos que ela usa duracell. principal característica: impaciência com os demais moradores da sua casa

gollum ou golitous (silver mitt que se tornou white, muito macho). nasceu em 30/nov/2002 e foi adotado em out/2005. teve insulinoma e foi operado, tirando quase metade do pâncreas em mai/2006. ficou diabético por alguns meses, tomando insulina, mas se recuperou 100%. pesa cerca de 1,3kg e é um ser possuído. viciado em coca-cola (que nós não damos, mas ele sempre sabe quando uma lata ou garrafa foi aberta, pois aparece imediatamente) e irritador profissional de todos os demais ferrets. é um espírito livre e não se conforma com portas, arranhando insistentemente qualquer uma que estiver fechada. derruba todos os objetos ao seu alcance. principal característica: predador-selvagem-assassino

pretinha ou thame (sable, fêmea). nasceu em 12/jul/2003 e foi adotada em jul/2005. pesa cerca de 700g e é o furão mais perfeito que já vimos. tem uma pelagem perfeita, é carinhosa (dorme no colo), faz manha e se joga no chão com a barriga pra cima. deita no nosso pé e pede pra ser abraçada. morde de levinho pra chamar a atenção e nos faz sentir culpados por não amá-la 100% do tempo. dorme numa almofadinha colorida, nos pés do papai. ataca a vovó como se fosse um leopardo e pensa que é passarinho: sobe no sofá e se joga de lá de cima, se alguém estiver por perto. principal característica: chantagem emocional FORTE

fênix ou faniquita (sable point, fêmea). nasceu também em 12/jul/2003 e foi adotada em out/2005, pesa cerca de 700g. ela usa smoking e é a mais discreta de todos eles. mas é tudo disfarce: é a mais ladra e definitivamente a mais safada: morde nosso pé e sai correndo, rouba absolutamente tudo o que vê pela frente (inclusive coisas muito maiores do que ela) e chama os outros pro pau, fazendo DONK DONK bem alto. cada vez fica mais dengosa, pede colo e faz gracinhas. principal característica: cara de pau

e nós, humanos, somos zel e fer. ela é consultora de TI na área de melhoria de processos e ele é consultor na área de inteligência de mercado. são casados desde jun/2003, ambos piscianos, grudentos e apaixonados por animais de forma geral (inclusive um pelo outro :D).

cuidamos dos nossos ferrets melhor que de nós mesmos e fazemos absoluta questão que eles sejam livres, dentro do limite do nosso apartamento. eles jamais ficam presos em gaiolas, comem a melhor ração que existe, têm sempre água limpa, caixinhas de areia, jornais espalhados pelos cantos, brinquedos e muitas redinhas e paninhos que são trocados semanalmente. raramente viajamos os dois juntos, para não deixá-los sozinhos. quando viajamos, minha mãe cuida deles 2 vezes por dia, todos os dias. levamos os pequenos ao veterinário a cada 15 ou 20 dias, mais ou menos, e sempre que qualquer problema é detectado. gastamos um bom dinheiro com eles, principalmente quando é necessário operar ou medicar.

advertimos logo de cara e com bastante ênfase: ferrets não são animais simples e baratos de manter e cuidar, tenha consciência antes de adotar um!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>