Archive

Archive for the ‘asnos’ Category

o mundo é machista porque somos machistas

dezembro 10, 2012 1 comment

o excelente artigo do sakamoto me motivou a escrever esse texto. leiam, até para entender o contexto.

**

também sentiria vergonha de ser homem ao testemunhar essa (infelizmente muito comum) atitude de desrespeito e agressividade. as manifestações do machismo retrógrado e ONIPRESENTE são muitas: vão do xingamento público na madrugada, passando pelo machismo nojento e velado dos meios de comunicação (TV, revistas), até os pequenos desrespeitos que sofremos todos os dias nós mulheres.

mas não só. os homossexuais estão no mesmo barco, porque continuamos num mundo que ensina que quem manda (OU DEVIA MANDAR, porra! se não manda, tá errado!) no mundo são os machos adultos brancos. Mulheres, negros, homossexuais — todo o “resto” — devem desaparecer ou servir a este seleto grupo.

como mulher, me posiciono na própria vida, batendo de frente (e forte) com quem não me respeita. Aprendi a me impor desde pequena (obrigada mami!), e quando possível ensino outras a fazerem o mesmo.

como mãe, deixo uma pergunta: você ensina sua filha a se impor? você ensina seu filho a respeitar as outras pessoas? ou ainda é da época de “prenda sua cabra que meu bode está solto?”

passou da hora de mudar. esses imbecis que xingam mulheres na rua aprenderam isso com alguém, senhores e senhoras. eles não nasceram assim. cabe a cada um de nós mudar essa realidade. pais, mães, educadores, amigos, irmãos.

na próxima vez que presenciar alguém próximo de você, do seu círculo de convivência, se comportando de forma machista, REAJA. se posicione. é sua obrigação como cidadão, como ser humano. fazer menos que isso é ser conivente.

um recado se faz necessário

outubro 27, 2008 Leave a comment

anônimos são sempre covardes e mau-caráter, e eu não costumo dar corda pra esse tipo de gente. mas este caso merece um post, porque a resposta para esta pessoa pode também ser resposta pra outros por aí.

o email aí embaixo voltou, obviamente, porque o destinatário é falso. eu, na minha inocência, respondi como se estivesse falando com alguém de fato interessado no assunto, que deixou recado porque quer de verdade trocar idéias. mas tudo bem – melhor fazer papel de boba que ser mau-caráter.

de baixo pra cima: o recado (deixado no post sobre a morte da didi) e minha resposta.

Cither,

Eu também acho um problema e penso bastante no assunto, falo bastante disso no meu blog e continuarei falando.

No entanto, acho extremamente insensível da sua parte deixar um recado como este no meu post sobre a perda de um animal que me era muito querido. Entendi seu objetivo e, apesar de acreditar que bem no fundo suas intenções em relação aos animais são boas, acho que você não deve ser uma pessoa legal. Pessoas legais respeitam a dor alheia ao invés de usá-la como alavanca pra defender suas idéias.

Peço que você não entre mais em contato comigo ou deixe recados no meu blog. Esse assunto que você levantou me intessa muito, mas conversá-lo com você não me intessa.

Zel

—–Mensagem original—–

De: cither.cither@yahoo.com.br [mailto:cither.cither@yahoo.com.br]

Enviada em: segunda-feira, 27 de outubro de 2008 11:23

Para: zel_contato [ @ ] hotmail.com

Assunto: [zel v3.4] New Comment Posted to ’23/set/2000 – 25/out/2008′

An unapproved comment has been posted on your blog zel v3.4, for entry #4528 (23/set/2000 – 25/out/2008). You need to approve this comment before it will appear on your site.

Approve this comment:

IP Address: 201.51.209.165

Name: Cither

Email Address: cither.cither@yahoo.com.br

Comments:

Esses bichinhos fofos e sensíveis ñ são nem um pouco diferentes dos porquinhos, galinhas e vaquinhas que são torturados pra gente comer. Já imaginou um furão levar uma paulada e depois aparecer assado na nossa mesa?!? Sei lá, fico tão perdida por privilegiar alguns bichos em relação a outros, ainda mais tendo tantas opções de alimentos: verduras, legumes, folhas, massas e molhos maravilhosos, castanhas, arroz, feijão, sopas, pães e tortas incríveis, doces… Realmente é um problema pra mim, o q vc acha disso?

Um abraço,

Cither.

Categories: asnos

série: comentários assustadores

setembro 23, 2008 Leave a comment

eu juro por deus que acabo de receber o seguinte comentário no post sobre o zoo de SP:

me da um leão. Ele é bonsinho

ah, confessem, vai: vocês colocam esses comentários para alegrar minha tarde, né? 😉

Categories: asnos

série nova: comentários assustadores

agosto 11, 2008 Leave a comment

vou fazer uma série, com tag e tudo (estou alterando o post da bruniiiinha), para o vosso deleite.

segue comentário da nossa leitora bibi:

oi td bm

eu te odeio haha

eu nunca ama de vc…coitado

eu já tenho namoro tu não tem

báá tu sabia da minha prima disso tu é muito feio

tchau bjo

alguém me ajuda e traduz, por favor? obrigada.

Categories: asnos Tags:

como será o amanhã

agosto 7, 2008 Leave a comment

vou dizer – eu tenho medo do futuro. por vários motivos, mas o principal deles é essa nova geração de analfabetos funcionais cheios de opinião e amor pra dar. eles já dominaram o mundo, vocês notaram? imagina quando essa horda for adulta, que horror?

ironia das ironias, vejam o comentário que nossa amiga bruniiiinha (com 4 i’s mesmo) deixou no post da série: mundo, esse lugar horrível:

bando de trouxas meo , a moda é sempre precisa , ou vc vai usar sempre a mesma porcaria de roupa , do mesmo estilo , só q da cor diferente ¬¬’ se liga nina e as bolsas grandes sao extremamente precisas, quando vc tem que levar muitas coisas pra algum lugar , vc leva na mao , nas bolsinhas pequenas ? claro q nao , as grandes sao mais práticas , cabe tudo lá dentro 😉 (6)

precisão é tudo nessa vida, minha gente.

depois dessa eu preciso da sexta-feira, urgente. tou indo pro fim-de-semana mais cedo, tá? volto loguinho.

Categories: asnos Tags: