sem filtro

como é difícil e importante eliminar o julgamento do outro do nosso discurso, dos nossos pensamentos, da nossa lógica! os outros são espelhos, nada mais e nada menos. tudo o que sai da nossa boca, dos nossos dedos pra escrever, vem de nós. o defeito do outro nada mais é que uma leitura, uma interpretação que necessariamente nos contém.

se reconhecemos e reverberamos ódio, insegurança, inveja, é porque esses sentimentos tiveram reflexo, e existem, em nós. isso tudo pode vir de fora, sim, é claro, existe. mas quando saímos do modo de julgamento, eles simplesmente passam por nós sem encontrar harmônicos, e ficamos limpos, não contaminados.

com algum atraso, desejo só isso para 2013: que eu seja capaz de julgar menos, e assim me purifique de sentimentos que não desejo carregar adiante.

Deixe uma resposta