minhas regras, suas regras

Otto a respeito da escola, explicando pra Maria:

 

– “eu gosto da escola; eu não gosto é das REGRAS. Quando eu crescer, vou fazer um mundo sem regras!”

 

Anarquistas, graças a deus? 😀

 

**

 

É interessante observar que ele se percebe bem, mas ele gosta de regras, sim: as DELE.

 

E não é esse um dos grandes problemas de relacionamentos? As regras do outro são sempre erradas, as minhas é que são boas.