astros

e dependendo do andar da carruagem, piolho será leonino. como a sheilinha e o alê, dois amigos que eu amo e admiro muito. e meu ascendente, né. muito fogo nessa casa, pra infernizar a vida do fer 🙂

adoro aquele horóscopo com descrições “alternativas” dos signos. lembram?

Leão

Antes de qualquer coisa, quero dizer que amo este signo. Amo. Queria ser leonino. E me dou bem principalmente com pessoas deste signo.

Leão é o líder, o rei, o brilho, mas inseguro, precisa de adornos e mimos, senão, sua auto estima é como a de uma ameba na quaresma.

Quer levantar um leonino?

Elogie-o, finja que a opinião dele é a suprema, e que sem ele, sua vida seria uma vida vulgar e miserável, típica de personagem secundário de novela do SBT.

Quer derrubá-lo?

Ignore-o, ria das suas roupas e modos exagerados, não aceite suas verdades prontas e você verá este felino louco, chorando pelas selvas da vida.

Leão é bem generoso, sempre dá um bom presente e mesmo quando pobre, ele se destaca pelo bom gosto e pela ambição.

Ele sempre será (junto com seu irmãozinho taurino) aquele que venderá as garrafas velhas do quintal, para comprar a linda camiseta para o baile da escola (enquanto o irmão taurino, guardará o dinheiro).

Leão quando decide conquistar algo ou alguém, é um inferno, porque ele consegue, porque te cerca, te segue, perturba.

Sabe aquele magrelo galanteador que te liga toda hora e se acha?

É um leão…

Aí de raiva, cansaço e curiosidade, você cede só por um pouquinho e descobre que o beijo dele é bom, que ele é carinhoso e quando você percebe…

É toda dele, MEDA!

É ciumento, dramático e cheio de barracos.

E cuidado com amantes leoninas. Elas de alguma forma, conseguem se tornar as primeiras damas, até porque não suportam a hipótese de serem a segunda opção.

As leoninas são rainhas de tudo, o pobre homem que as servir será sempre um súdito.

Porque são bravas, gastadeiras e querem atenção o tempo todo.

Manhosas, adoram criar um conflito só para no final, ganhar no debate.

Mas em geral são fiéis, dedicadas e muito fogosas.

Egoístas, podem desequilibrar os parceiros com ciúmes e exigências.

Mas no geral este signo quando está equilibrado (ou seja,no comando de tudo), é cheio de vida, calor e humor.

Têm ambição, trabalham bem e sim, querem ser reconhecidos.

Amam aparecer, amam o destaque, o palco, a vida.

Não existem muitos leoninos por aí.

Até porque realeza, não se acha em qualquer esquina, pessoas.

Na firma, sobem de cargo rápido e no refeitório, sempre estão ao lado da chefia.

E mesmo se for mecânico, com a roupa toda suja de graxa, o cabelo estará impecável, todo leão tem uma relação forte com o cabelo.

Leoninos famosos: Madonna, Mick Jagger, Caetano Veloso, Jeniffer Lopez, Sean Penn, Emilio Surita, Jack Onassis, Coco Chanel, Daniela Mercury, Elba Ramalho, Fabio Assunção (e mesmo com os atuais problemas é lindo e bom ator) e aquela sua tia que fala alto e usa roupas exuberantes e com decotes mesmo com 54 anos.

socorro!

o enjôo melhorou absurdamente, mas me fez descobrir uma verdade incômoda: eu como muito mais do que preciso, tenho o olho maior que a boca.

por causa do enjôo, minha alimentação estava super regrada e na quantidade suficiente. desde que o enjôo melhorou, frequentemente percebo que comi mais do que devia/precisava, e fico me sentindo uma baleia encalhada. horror!

pois o enjôo vai embora, mas o controle não pode ir. vou ter que pensar 3 vezes antes de (voltar a) fazer meus pratinhos de pedreiro…

obrigada pelas dicas e ajudas, piolho 🙂

registro picotado

o enjôo tá sumindo… é bom demais pra ser verdade!

**

o ódio do alho permanece, mais forte que nunca. eu não vomitei nenhuma vez, mas estive próxima de cada vez que alguém cheirando a alho chegou perto de mim.

espero que o vampirismo passe, senão a vida vai ser difícil sem alho.

**

só falta 1 semana pra poder contar a notícia pros amigos e família! estamos contando os dias.

**

eu já percebo uma rigidez na parte inferior do abdomen, mas barriga mesmo é só essa que eu já tinha. e preciso arranjar alguma loja de piercing pra tirar o meu (que nem jesus cristo consegue tirar só com as mãos).

**

a dor no peito melhorou muito, já dá pra tocar. agora é seguir os conselhos sábios e abusar dos pobrezinhos 🙂 (ouvi uma comemoração lá em casa enquanto declaro isso :D)

um pouco sobre o blog e sobre mim

espero que em breve possamos divulgar este blog pros amigos e conhecidos. por agora, pouquíssimas pessoas sabem da gravidez (e ninguém da família). preferimos assim não por superstição, mas para ajudar a gerenciar expectativas.

sabemos que os 3 primeiros meses de gravidez são complicados, e há muitas oportunidades de dar tudo errado. estamos fazendo tudo o que é possível pra que dê tudo certo, mas a natureza é caprichosa. e confiamos nela: se der alguma coisa errada, é porque assim devia ser. sou ferrenha defensora da sapiência da natureza e seus caminhos tortos. se não engravidasse, eu adotaria ao invés de fazer tratamento pra forçar a barra. se a gravidez não for adiante, tento de novo. e se não der certo, volto ao passo anterior. sem neuras. a idéia de ser mãe biológica é legal, mas não me define como pessoa e nem é essencial pra minha felicidade.

mas voltando: estando tudo OK, divulgaremos esse blog pra quem quiser acompanhar. e aproveito a oportunidade pra avisar aos navegantes que conselhos gratuitos não são bem-vindos; mas fique à vontade pra dar palpite quando for solicitado. sei que sempre vai ter um ou outro que ache a frase antipática, mas acreditem em mim, é só assertividade. não quero deixar dúvidas.

não sou grávida natureba, não sou hipocondríaca nem paranóica, não leio livro de grávida e nem “como criar seu filho”, não faço parte de comunidade e nem lista de discussão de porra nenhuma – DEUS ME LIVRE.

engravidar, parir e criar filhos não são experiências transcendentais e mágicas pra mim. é parte da vida, como trabalhar, namorar, casar e ter amigos.

ter filhos não é o sonho da minha vida. não acho que serei especial por ser mãe, nem acho que não ser mãe é uma alternativa ruim. ser mãe é só mais uma das experiências de ser humano e bicho, e é por isso que me interessa: eu quero passar por essa experiência. pura curiosidade.

não tenho projetos mirabolantes pro meu filho (ou filhos, sei lá). não tenho nenhuma expectativa, só quero que ele seja feliz consigo mesmo e (principalmente) independente de mim.

farei o melhor de mim pra jamais me tornar esse tipo de mãe-profissional que vejo por aí. não quero me deixar ser só mãe. quero que todas as outras mulheres que eu carrego em mim continuem vivas e forte – eu-mãe é só mais um pedaço do meu todo.

se você leu tudo isso e ainda tem vontade de continuar aqui, seja bem-vindo 😉 senão… até a próxima!

e a ansiedade aumenta!

fiz os exames de sangue todos, a médica viu e tudo está muito bom e muito bem. ela avisa que o fato de eu ter enjôo é bom (sei). segundo ela, significa que meus hormônios estão agindo loucamente, e isso é ótimo. então tá.

o peso continua nota 1000: depois dos 2.5kg perdidos, ganhei 300g nesta semana e continuarei acompanhando. quem sabe eu consigo não engordar mais do que o estritamente necessário? tenho esperança.

passou a vontade de frituras. não tenho vontade nenhuma de tomar coca-cola ou café e nem de comer chocolate. tenho vontade de carne, macarrão, pão e salada (vai entender). vou indo no esquema de comer no máximo a cada 3h (senão começa o enjôo) e descansar.

o sono tá uma maluquice – sonhos vívidos, e todos sobre colocar pra fora tudo aquilo que me incomoda. sonho em dizer coisas pras pessoas que jamais ousaria (apesar de sentir de verdade o que eu digo). pelo jeito tou tentando me livrar do peso emocional extra, como preparação para o que virá.

além disso, dobrou minha frequência de fazer xixi (que já é alta), aumentou também a sede (que já era enorme) e minha vida nos próximos meses será em função dos meus rins. oba.

fiz o exame de sexagem fetal, o resultado sai na sexta-feira. eu sempre quis um menino, mas o fer quer tanto uma menina que tou torcendo pra ser uma piolha. além disso, se decidirmos realmente adotar um bebê depois que este estiver maiorzinho (é meu plano), fica mais fácil se for menino.

agora é esperar o próximo ultrassom, na 1a semana de fevereiro. eita processo que demora, meu deus 🙂

entre a cruz e a caldeirinha

eu sou uma gorda saudável, já aviso logo. sou gorda porque como muito, e não porque como bobagem. não sou de fritura, salgadinho, doces, bolacha nem entra em casa (doce ou salgada).

mas eu morro de comer arroz, feijão, macarrão e tudo mais que for comestível e não for melancia. adoro frutas, verduras, legumes, quase todos os tipos de carne e refeição sem salada não é refeição pra mim. pão, requeijão, leite, queijo, frutinha de manhã, eu sou um exemplo exagerado de recomendação de nutricionista. devo comer o dobro da quantidade necessária para o meu tamanho, hence the size.

só que a gravidez tá acabando com a minha vida: além de gorda, vou ficar insalubre. piolho-vampiro gosta de fritura e gordura. batata frita se tornou meu maior desejo de consumo, intercalado com torresmo, pastel e costelinha de porco frita. é, você leu direito, e obviamente essa criaturinha do capeta é filho/a do fer, com esse gosto tão trash.

(ou eu simplesmente abafava os desejos até hoje e estou encontrando uma desculpa pra mergulhar nas gorduras. não descarto essa possibilidade)

vou ali comer uma pera (sob protestos piolhais) e já volto.

matemática estranha

não é doido que quando dizem que estou de 9 semanas (como agora) significa na verdade que já entrei na 10a semana?

ando pensando sobre como dar a notícia pras pessoas, quando chegar a 12a semana. vai ser divertido: tem gente que vai ficar feliz, tem gente que vai ficar chocada, ou as duas coisas ao mesmo tempo. pensem que até uns 6 ou 7 anos atrás eu simplesmente não concebia a idéia de ter um filho. até 1 ano atrás a idéia era concebível mas ainda improvável. e somente há 6 meses começamos a levar a idéia a sério.

e quando acontece, fica irreal. acho que engravidar “no susto” é mais fácil, sabe. tem menos elucubração, punhetação mental. POF, foi! no nosso caso, foi tudo tão planejado e racionalizado que parece roteiro, script. esquisito.

mas mesmo com toda a racionalização, não consigo pensar no futuro concretamente: como vai ser o parto, como vão ser os primeiros meses, a escolinha, a faculdade (!! – ahahhahahaha). sou completamente aqui-e-agora. o máximo que consigo pensar é em contar pro povo.

por agora tenho somente enjôo ocasional e batidas de um segundo coração. um corpo crescendo dentro de outro corpo. não me canso de achar… estranho.

tou pegando o jeito…

essa semana foi boa, all-day-sickness-wise 🙂 comer em intervalos menores de fato é milagroso. ter contado pra nossa ajudante em casa que estou grávida também ajudou – pedi pra ELIMINAR alho do cardápio, ponto final. piolho-vampiro é temperamental.

semana passada comi num quilo (odeio, que conste) e dei azar de pegar alguma coisa que tinha alho misturado no meio. comecei a comer e a chorar ao mesmo tempo. eu tinha fome, e tinha ódio do alho. passei o dia mal por causa do resíduo de alho na boca – não há escovação que resolva.

batata frita é a salvação da minha vida. tou amando mais do que amava antes.

**

fiz os exames de sangue e tá tudo ok, mas descobri que minha médica não pediu toxoplasmose dessa vez, não sei porque. e descobri também, do exame antes de engravidar, que eu não tive a bendita doença. GREAT. vou ter que ficar neurótica a gravidez toda pra não me contaminar. rubéola eu já tive, felizmente.

longe de gatos (fácil) e comidas cruas fora de casa (difícil). tudo muito bem lavadinho. lavar as mãos loucamente. oba.

**

agora a ansiedade é pra chegar a 11a semana e fazer “o exame”. fico me perguntando o que diabos se faz se descobre que tá tudo errado, que tem risco, que o bebê tem problema. todo mundo fala do exame, mas ninguém fala do “e se…”. sei lá se é pra não assustar a gente, mas eu prefiro saber sobre o que pode acontecer!

**

os peitos pesam to-ne-la-das. eu já era 38DD, meu povo. os sutiãs, como são poderosos, continuam servindo, mas o peso não tá brincadeira. e não dá pra encostar nos pobres, que dói. a denize e a maria (nossa ajudante) fizeram a mesma recomendação: o fer precisa usar esses peitos aí, minha filha. hahahahahahaha! precisa manipular os mamilos bastante, pra eles ficarem mais resistentes.

se alguém chegar perto dos meus mamilos neste momento, eu assassino. é tudo que tenho a declarar.

😉